Search
Close this search box.

Pará tem primeiro porto habilitado para exportação de milho para China

28 de junho de 2023

Terminal de Vila do Conde operado pela Hidrovias do Brasil tem capacidade para movimentar 7,2 milhões de toneladas de grãos por ano
Compartilhe no WhatsApp
Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil
Foto Divulgação

O porto de Vila do Conde, no Pará, informou em nota que foi autorizado pela Administração Geral das Alfândegas da República Popular da China (GACC) e pelo Ministério da Agricultura a exportar milho para o país asiático, maior consumidor mundial da commodity.

Segundo a Hidrovias do Brasil, que administra o porto, trata-se da primeira autorização portuária do Estado para o embarque de milho para a China. O terminal tem a capacidade para 7,2 milhões de toneladas de grãos, devendo chegar a 8 milhões até o ano que vem.

“Este é mais um movimento da companhia para aumentar ainda mais a sua competitividade no Corredor Norte e seu compromisso em seguir buscando soluções para operações cada vez mais eficientes e seguras”, afirma a empresa em nota.

No acumulado dos cinco primeiros meses do ano, o Brasil já exportou 1,16 milhão de toneladas de milho para a China. Os embarques foram iniciados no final do ano passado, meses após a abertura do mercado chinês para o grão brasileiro.

Por Globo Rural

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

Dados mostram que serão produzidos 193,15 mil litros, abaixo do recorde de 580,22 mil litros do período anterior
Safra total de milho foi estimada em 114,14 milhões de toneladas, um acréscimo de 2,5 milhões de toneladas em relação ao previsto no mês passado; área plantada deve crescer 1% e produtividade deve avançar 1,2%
Essa parceria confirma a missão do AgroApp que é levar informações de qualidade para o produtor rural e profissional do campo.
Na comparação com a média diária de junho de 2023, há queda de 16,6% no valor obtido diariamente pelas exportações de açúcar em junho de 2024.