Nova empresa global já comercializa tecnologias no Brasil

Aprovada a BBSF, joint venture da Bosch e Basf para agricultura
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Nova empresa global já comercializa tecnologias no Brasil
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Áudio

Joint venture entre Basf e Bosch recebe sinal verde no mundo. O anúncio do alcance global das operações foi realizado dia 29/06 e a nova empresa denominada BBSF (Bosch Basf Smart Farming), recebeu a aprovação de todas as autoridades de controle de fusões relevantes para distribuir e comercializar globalmente solução de pulverização e tecnologias agrícolas inteligentes.   

No ano passado, apenas a divisão de soluções para agricultura da Basf, uma das maiores multinacionais químicas do mundo, faturou € 7,7 bilhões. No grupo Bosch, voltado para IoT (Internet das coisas, tecnologias e serviços), a receita total foi de € 71,5 bilhões. 

Com sede em Colônia, na Alemanha, e com participação paritária entre Bosch e Basf, a BBSF passa a ter como diretores executivos Florian Gwosdz e Silvia Cifre Wibrow, respectivamente. “Atingimos outro marco importante com a aprovação da joint venture pelas autoridades de controle de fusões, além de um progresso considerável nos últimos meses. Construímos a nova empresa juntos, montamos a nova equipe e continuamos testando nossos produtos com sucesso em nossos clientes, usando maquinários de diferentes fabricantes e sob condições climáticas e regiões distintas”, diz Gwosdz. 

Entre as tecnologias que já fazem parte do pacote está, por exemplo, uma plataforma digital de plantio inteligente (smart planting solution) disponível no Brasil e Argentina, chamada xarvio e de domínio da Basf. Outra ferramenta é uma solução de pulverização inteligente (smart spraying), já reunindo as tecnologias das duas empresas, que está sendo desenvolvida e testada para os mercados da América do Norte, América do Sul e Europa, inicialmente. 

A tecnologia se destina ao manejo automatizado de plantas daninhas em tempo real e somente onde necessário, na qual sensores de câmera de alta tecnologia e software da Bosch e unem à inteligência agronômica da xarvio. “A capacidade única do smart spraying de visualizar, decidir e pulverizar, orientado por inteligência agronômica, contribui para a sustentabilidade ambiental e do negócio dos agricultores”, diz Silvia. O pré-lançamento de smart spraying está previsto até o final deste ano. 

Fonte: Basf 
Crédito da foto: Divulgação

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Leia também

ESG Tech, a próxima onda tecnológica

ESG Tech, a próxima onda tecnológica

O papo sobre sustentabilidade corporativa não é novo, mas ganha outra roupagem com o interesse cada vez maior de consumidores e investidores por negócios realmente engajados com esses princípios. Este é o foco do artigo assinado por Marcos Luz, Head de Tecnologias Avançadas da Minsait no Brasil, apontando que a tecnologia pode prestar grandes contribuições, exercendo um papel central na coleta, verificação e análise do desempenho ESG.

Continue lendo ⠀➡