ABQM realiza pré-lançamento do Museu Virtual do cavalo Quarto de Milha

Projeto busca preservar a história da raça no Brasil em um ambiente virtual e acesso à visitação de todos
Share on whatsapp
Compartilhe no WhatsApp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram
Áudio

A apresentação do Museu Virtual do cavalo Quarto de Milha ocorreu no dia 1º de maio pelo canal da Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha, no Youtube. 

Segundo os coordenadores do projeto, o lançamento oficial do museu – que terá site próprio e proporcionará uma experiência interativa, em um ambiente online e em 360 graus –, ocorrerá na retomada das provas oficiais, que devem acontecer mediante avanços no Plano São Paulo (Covid-19). 

O acervo foi resgatado dos próprios arquivos da Associação e a partir da colaboração de sócios, ex-presidentes, conselheiros, criadores e de apaixonados pelo cavalo. 

“Com esse projeto, que contou com o apoio de todos os departamentos da entidade, buscamos preservar a história da raça no Brasil, em um ambiente virtual, que possa ser visitado por todos”, ressaltou Manuel Rossitto, superintendente geral da ABQM. 

Marcos importantes do Museu Virtual do cavalo Quarto de Milha

Após meses de curadoria, o Museu Virtual Quarto de Milha promete agregar marcos importantes, personalidades e curiosidades da raça.

“Esperamos que o museu seja acessado por aficionados e por aqueles que ainda não conhecem o cavalo mais versátil do mundo, que nesses 51 anos no Brasil, escreveu uma história de força e de muito sucesso”, destacou Caco Auricchio, presidente da ABQM. 

Para assistir ao vídeo de apresentação do projeto: https://youtu.be/0Zh26NFrN58 

Fonte: ABQM
Crédito da foto: Divulgação/ABQM

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

Pesquisa apurará números inéditos sobre o mercado de equídeos, este pujante setor que cresce em rebanho e negócios no País.
Com 35 anos de história na criação da raça, o criatório – que possui uma base genética formada apenas com o melhor pedigree de trabalho – está em fase de reformulação das estratégicas a fim de atender um nicho do mercado que está à procura de animais atletas já formados
Muito além das competições, a criação de equídeos movimenta a economia do país, gerando empregos e estimulando setores como turismo, moda, alimentação e lazer.
Jack Thunder Corona NAC, de propriedade de Nelson Antunes Correa, ainda ganhou um trailer por ter obtido a melhor média da prova, que foi aberta a todas as raças