Search
Close this search box.

Missão japonesa avalia o controle da gripe aviária no Brasil

4 de março de 2024

Agora, o governo japonês deve enviar um relatório informando como ficará a importação
Compartilhe no WhatsApp
Missão japonesa avalia o controle da gripe aviária no Brasil

A missão do Japão foi finalizada na sede da Superintendência de Agricultura e Pecuária de São Paulo (SFA-SP), que teve como objetivo avaliar o controle do Brasil sobre a Influenza Aviária de Alta Patogenicidade, mais conhecida como gripe aviária.

Após o fim da missão que ocorreu na última sexta-feira (1º), o governo japonês deve enviar um relatório às autoridades brasileiras informando se manterá a importação de material genético avícola e de carne de frango e de ovos de consumo de municípios não atingidos pela doença no caso de sua ocorrência em granjas comerciais ou se é necessário algum ajuste no controle sanitário.

Apenas quatro países não apresentaram gripe aviária em granjas comerciais, o Brasil é um deles. A Defesa Sanitária brasileira, sincronizada nas esferas federal, estadual e municipal, conseguiu manter o território livre da doença e com uma produção segura.

O painel para consulta de casos de gripe aviária do Mapa apontou que 155 focos com resultados laboratoriais positivos no Brasil: 152 em aves migratórias e três em aves de subsistência. Desde janeiro de 2022, 2.756 investigações foram realizadas pelo Mapa e atualmente nove investigações estão em andamento.

Por Capital News

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

O decreto deve ser publicado nesta sexta-feira (19/04) no Diário Oficial do Estado e passa a vigorar a partir de 2025
O número total de cabeças passou de 20,5 milhões para 25,4 milhões. Tem se destacado no Estado a criação de bubalinos, com alta de 43,27% no período.
A tecnologia já é empregada no exterior em peixes como salmão e truta, e o maior desafio era adaptá-la para o tambaqui
Nelore e anelorados representam 80% do rebanho bovino nacional. Entidade desenvolve ações de fomento e valorização da raça