Search
Close this search box.

Ministério da Fazenda avalia crise no agronegócio e os pedidos do setor

13 de fevereiro de 2024

Setor pede prorrogação dos financiamentos de investimentos e renegociação dos de custeio, além de liberação de recursos para capital de giro
Compartilhe no WhatsApp
Ministério da Fazenda avalia crise no agronegócio

A equipe do Ministério da Fazenda está traçando um diagnóstico sobre a crise do agronegócio, motivada sobretudo pela questão climática. Apesar dos pleitos do setor, como crédito e renegociação de dívidas, ainda não há nenhuma definição de ação a ser tomada, disse o secretário de Política Econômica, Guilherme Mello.

“O ministro da Agricultura, Carlos Fávaro esteve aqui conosco e estamos fazendo um balanço, entendendo onde estão e quais são os problemas. Estamos nesse momento de montar o diagnóstico, de fazer uma avaliação”, afirmou Mello. “Isso, obviamente, é algo que a gente tem de fazer de maneira recorrente, porque cada setor tem a sua particularidade, e o agro, em especial, sofre mais esses impactos da mudança climática.”

O setor produtivo pede a prorrogação dos financiamentos para investimento com vencimento neste ano para o último ano do contrato, com manutenção das taxas de juros, renegociação dos financiamentos de custeio, antecipação das operações de pré-custeio e liberação de recursos para capital de giro.

Por Infomoney

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

De acordo com advogado tributário, a nova MP deve resultar em problemas no fluxo de caixa da empresas e prejuízo bilionário ao agro
Estudo revela que em 2023, a remuneração média real mensal do setor aumentou 11,3% desde o período pré-pandemia.
A iniciativa era esperada desde fevereiro, e visa a ampliação do acesso ao crédito a pequenos e médios produtores rurais