Search
Close this search box.

Ministério da Pesca e Desenvolvimento Agrário são reativados

3 de janeiro de 2023

Áreas são desmembradas do MAPA em novo governo
Compartilhe no WhatsApp
Ministério da Pesca e Desenvolvimento Agrário são reativados

Na tarde deste domingo (1º), Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi empossado para o seu terceiro mandato como presidente da República. Com o retorno dele ao poder, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) será reorganizado, com a reativação de dois ministérios: o do Desenvolvimento Agrário e o da Pesca.

Extinto por Michel Temer em 2016, o Ministério do Desenvolvimento Agrário será reativado por Lula neste início de seu terceiro mandato à frente da Presidência da República. Para a função, o nome de Paulo Teixeira, que em outubro foi reeleito deputado federal pelo PT de São Paulo, foi anunciado na última semana.

Ministério do Desenvolvimento Agrário

Logo após ser anunciado como ministro, Teixeira foi entrevistado pelo Canal Rural. Ao conversar com a jornalista Pryscilla Paiva, apresentadora do ‘Mercado & Companhia’, ele destacou que o foco de sua gestão à frente da pasta será garantir alimentos à população. Além disso, o ministro falou em fortalecer o Plano Safra, melhorar o o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e sugeriu que a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) deverá ficar sob os cuidados do recriado ministério.

image
Paulo Teixeira | Foto: Câmara dos Deputados

Ministério da Pesca e Aquicultura

Criado originalmente por Lula no início de seu primeiro mandato como presidente da República, em janeiro de 2003, o Ministério da Pesca e Aquicultura será outra pasta relacionada ao agronegócio brasileiro a ser reativada agora, em 2023. Nesta nova fase, a área terá como ministro André de Paula, que está na reta final de seu mandato como deputado federal pelo PSD de Pernambuco.

image 1
André de Paula | Foto: Câmara dos Deputados

André de Paula é pernambucano do Recife, torcedor do Santa Cruz.

Foi vereador, deputado estadual, secretário de estado e está no sexto mandato como deputado federal.

Também é presidente estadual do PSD e 2º vice-presidente da Câmara dos Deputados.

Fonte: Canal Rural / G1

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

Valor é 4,4% maior que os US$ 35,85 bilhões em exportações registrados no primeiro trimestre do ano passado
Impulsionadas pela soja em grão, pelo açúcar bruto e açúcar refinado, as exportações do Paraná cresceram 4,7% em valor no primeiro trimestre do ano em relação a igual período do ano passado, informou em nota a Agência Estadual de Notícias.
ABCZ foi escolhida para sediar a segunda edição do COMCEBU; evento é aliado à 89ª ExpoZebu
Desembolsos nos primeiros oito meses da safra cresceram 13%, diz Seapa