Search
Close this search box.

Mapa libera R$ 70 milhões para apoio à comercialização da borracha

26 de setembro de 2023

A normativa estabeleceu o preço mínimo para compra de látex do campo em R$ 3,27/kg com 31% de teor de borracha seca
Compartilhe no WhatsApp
Mapa libera R$ 70 milhões para apoio à comercialização da borracha
Foto: Agência Brasil

O governo federal liberou R$ 70 milhões para apoio à comercialização da borracha natural, conforme portaria interministerial publicada na sexta-feira (22), no Diário Oficial da União, pelos ministérios da Agricultura, da Fazenda, do Planejamento e Orçamento e do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar.

Os recursos serão aplicados por meio de pagamento de Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural e/ou sua Cooperativa (PEPRO) e do Prêmio para Escoamento de Produto (PEP) ofertados em leilões públicos a serem realizados pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

“O auxílio econômico será concedido somente à borracha natural cultivada e produzida no Brasil e destinada ao mercado interno”, informou o informou o Ministério da Agricultura, em nota.

A normativa estabeleceu o preço mínimo para compra de látex do campo em R$ 3,27/kg com 31% de teor de borracha seca e em R$ 4,30/kg para coágulo virgem a granel com 53% de teor de borracha seca.

Suporte a comercialização da borracha

“O objetivo da iniciativa é dar suporte à comercialização de borracha natural em conformidade com as diretrizes da Política de Garantia de Preços Mínimos (PGPM). A medida foi tomada após constatar queda nos preços do coágulo de borracha abaixo do preço mínimo estabelecido para a safra 2022/23”, justificou a pasta.

Por Canal Rural

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

Webinar ABAGTALKS Caminhos da bioeconomia para a COP30, promovido nesta segunda-feira, dia 17 de junho, pela ABAG (Associação Brasileira do Agronegócio)
Em um ano: as exportações totalizaram R$ 898,45 bilhões
Criação de canais de atendimento exclusivos e especializados e melhorias na rede elétrica no interior integram série de ações previstas no Cemig Agro.
O saldo alcançou US$9,42 bilhões, aumento de 14,2% em comparação ao mesmo período do ano anterior