Search
Close this search box.

Instituto Pet Brasil e Plataforma Brasil Exportação estimulam internacionalização do setor

30 de janeiro de 2024

A parceria estratégica divulga o portfólio do IPB na Plataforma Brasil Exportação: hub digital que reúne mais de 350 serviços de apoio ao comércio exterior
Compartilhe no WhatsApp
Instituto Pet Brasil e Plataforma Brasil Exportação estimulam internacionalização do setor

O IPB (Instituto Pet Brasil) dá mais um importante passo para o desenvolvimento do setor pet brasileiro ao assinar um acordo de parceria com a Plataforma Brasil Exportação. A iniciativa, idealizada pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), conecta empresas brasileiras a fornecedores de serviços de exportação.

Os membros do IPB e empresas do setor podem aproveitar os recursos da plataforma para simplificar e potencializar sua internacionalização. Por meio de uma interface intuitiva, os interessados ganham acesso a uma variedade de serviços de apoio ao comércio exterior, desde estudos de mercado até suporte logístico.

“Passaremos a ter um espaço virtual oferecendo os serviços do IPB. A empresa interessada poderá entrar em contato conosco por meio da plataforma”, afirma Nelo Marraccini, presidente do Conselho Consultivo do IPB. “Os negócios internacionais têm sido cada vez mais relevantes para o setor: bateram US$ 435,6 milhões FOB (Free On Board) em 2022, um aumento de 5,57% na comparação com os US$ 412,6 milhões do ano anterior.”

Nos últimos anos, o IPB tem apoiado programas de incentivo à exportação. O maior exemplo é o Projeto Setorial Pet Brasil, resultado da parceria com a ApexBrasil (Agência Brasileira de Promoções e Exportações e Investimentos). O órgão do governo federal, que atua para promover os produtos e serviços brasileiros no exterior e atrair investimentos estrangeiros para setores estratégicos da economia brasileira, também é responsável por operar a Plataforma Brasil Exportação.

“Desde a criação do IPB, há dez anos, temos promovido a capacitação das empresas nacionais e trazido experiência através da participação em eventos internacionais e em rodadas de negócios. O empreendedor brasileiro é muito criativo, qualidade extremamente valorizada lá fora. No entanto, muitos ainda não sabem o que fazer para exportar ou até sabem, mas possuem dificuldades de ampliar esta troca”, completa Marraccini.

O cadastro na Plataforma Brasil Exportação é gratuito. Além da ApexBrasil, a iniciativa conta com a parceria do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), da Confederação Nacional da Indústria (CNI), da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Ministério das Relações Exteriores (MRE) e MDIC.

Sobre o Instituto Pet Brasil
 

O Instituto Pet Brasil (IPB) nasceu em 2013 para estimular o desenvolvimento do setor Pet, composto pelos pilares criação, produtos e serviços para animais de estimação. O setor gera mais de 3 milhões de empregos e movimenta uma cadeia com mais de 150 mil empresas. A entidade lidera projetos de fomento ao conhecimento, ao empreendedorismo e à inovação, com o objetivo de profissionalizar toda a cadeia pet, foi pioneira na divulgação do estudo sobre Animais em Condição de Vulnerabilidade, onde trouxe um panorama sobre o cenário de abandono de pets, Ongs (mais de 400), sua distribuição pelos estados e número de animais atendidos.


 Nosso objetivo é construir um setor profissionalizado, e fortalecer a relação entre seres humanos e animais de estimação, que comprovadamente é benéfica para a saúde e o bem-estar de ambos.
 

O IPB disponibiliza informações relevantes para o setor, bem como promove a capacitação das empresas brasileiras, gerando mais competitividade e, com isso, serviços cada vez melhores para os nossos melhores amigos.

Por ASCOM Instituto Pet Brasil

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

Estudo da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) calcula perdas superiores a R$ 1,1 bilhão na agricultura
O ministro da Agricultura, Carlos Fávaro, informou que a pasta será transferida de forma itinerante para o Rio Grande do Sul (RS) na próxima semana.
Iniciativa é coordenada pela Associação Brasileira de Criadores de Ovinos
ExpoQueijo Brasil, em MG, destaca crescimento do setor e impulsiona investimentos