Search
Close this search box.

Instituto de Pesca disponibilizará tecnologias de ponta ao 1º Parque Aquícola lançado no interior paulista

25 de agosto de 2023

Instituto de Pesca (IP-APTA), lançou, dia 15, o primeiro Parque Aquícola em águas estaduais, no município de Santo Antônio do Aracanguá, interior de São Paulo.
Compartilhe no WhatsApp
Instituto de Pesca disponibilizará tecnologias de ponta ao 1º Parque Aquícola lançado no interior paulista

Com apoio à iniciativa e disponibilizando tecnologias de ponta para o desenvolvimento da tilapicultura no estado de São Paulo, a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, por meio do Instituto de Pesca (IP-APTA), lançou, dia 15, o primeiro Parque Aquícola em águas estaduais, no município de Santo Antônio do Aracanguá, interior de São Paulo.

A iniciativa da Secretaria ocorre em escala piloto nas águas do Reservatório de Três Irmãos, no baixo Rio Tietê, visando ao estabelecimento de condições favoráveis para a implantação de fazendas de criação de tilápias em tanques-rede.

As ações são direcionadas a pequenos produtores da região, visando ao aumento da renda e à produção de alimentos de alta qualidade. A iniciativa tem grande potencial para ajudar o desenvolvimento econômico e social da região, por meio de uma atividade de baixo impacto ambiental, que buscará localmente a agregação de valor.

O lançamento segue o disposto no Decreto estadual nº 60.582, de 27 de junho de 2014, sobre o licenciamento ambiental da aquicultura, que cria Parques Aquícolas estaduais, estabelecendo as condições para o desenvolvimento sustentável da produção aquícola no Estado de São Paulo.

Participaram do evento o coordenador de Relações Institucionais da Secretaria, José Luiz Fontes, o assessor técnico de Gabinete, Luiz Ayroza, a diretora geral do IP, Cristiane Neiva, e os pesquisadores do Instituto, Clóvis Ferreira do Carmo e Gianmarco David.

Instituto de Pesca 

O Instituto de Pesca é uma instituição de pesquisa científica e tecnológica, vinculada à Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, que tem a missão de promover soluções científicas, tecnológicas e inovadoras para o desenvolvimento sustentável da cadeia de valor da Pesca e da Aquicultura.

Por: Assessoria de Comunicação do Núcleo de Comunicação Científica do IP

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil 

Relacionadas

Veja também

O aumento do uso de coprodutos representa uma solução sustentável para a destinação de resíduos
São Paulo enfrenta desafios ainda maiores devido aos altos custos para o setor produtivo do leite e por ser o maior mercado consumidor do país.
Os pesquisadores vão debater projetos e ações para o desenvolvimento sustentável da piscicultura na Amazônia com uso de tecnologia.
Volume alcançou em 178,8 mil toneladas até a quarta semana, sendo que no ano anterior foram exportadas 168,4 mil toneladas