Grande salto para o setor rural de Cuiabá

A Secretaria de Agricultura, trabalho e desenvolvimento de Cuiabá prepara modelo inovador para integrar a produção agropecuária do município, principalmente na agricultura familiar. A Piscicultura será um dos pilares deste projeto
Share on whatsapp
Compartilhe no WhatsApp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram
Vuolo e Medeiros
Áudio

O Secretário de Agricultura de Cuiabá, Francisco Vuolo, recebeu na manhã de quinta-feira (04/02), o presidente da Associação Brasileira da Piscicultura- PEIXE BR, Francisco Medeiros. Vuolo apresentou, na reunião, o cenário atual e as potencialidades da capital mato-grossense para o desenvolvimento da cadeia produtiva do peixe. Foram analisadas condições geográficas, dados estatísticos e estratégicas para fomentar pequenos produtores, além de criar condições para instalação de indústrias para o beneficiamento da produção, visando o fechamento de todo o ciclo da cadeia produtiva.

“Será um salto enorme para o setor rural de Cuiabá e consequentemente para o desenvolvimento do município. Estamos trabalhando muito e analisando todas as informações sobre as diversas atividades, antes de tomarmos qualquer decisão. Queremos ouvir os especialistas da cada área e juntos montarmos um projeto que faça a diferença, e a piscicultura é um dos pilares desse planejamento“, explicou Vuolo.

Segundo informou o presidente da Peixe-BR, a piscicultura gera cerca de 1 milhão de empregos diretos e indiretos. O Brasil é o quarto maior produtor mundial de tilápia, espécie que representa 57% da produção do país. Os peixes nativos, liderados pelo tambaqui, participam com 38% e outras espécies com 5%. Nos últimos seis anos (período de levantamento da Peixe BR), a produção de peixes de cultivo saltou 31% no país: de 578.800 t (2014) a 758.006 t (2019). Adicione a esses dados que a produção de peixes cultivados no Brasil, atingiu 758.006 toneladas, com receita de cerca de R$ 7 bilhões (2019).

Cuiabá pode se tornar um grande produtor de peixe nacional

O presidente da Peixe-BR, embasou todas as informações e dados analisados numa expectativa bastante positiva. Para ele, Cuiabá pode se tornar um grande produtor de peixe nacional. Segundo a sua avaliação, o município possui todas as condições geográficas e climatológicas para alavancar a produção. Entretanto, “ainda é preciso criar as políticas públicas necessárias para dar garantia jurídica a todo o processo”, disse Medeiros. “Fiquei muito feliz em participar dessa reunião, pois foi possível apresentar todos os pontos de melhoria que são necessários antes da implantação deste projeto. Isso vai dar celeridade aos processos burocráticos essenciais e dar legalidade aos produtores rurais de Cuiabá”.

“Essa é apenas a fase inicial de pesquisa e análise dos principais setores”, esclareceu o Secretário Vuolo, garantindo, porém, que Cuiabá terá em breve um modelo inovador no setor produtivo, com a implantação de novas práticas, tecnologias e desenvolvimento humano. “Estamos a todo vapor aqui na secretaria para apresentarmos à sociedade um projeto que realmente funcione, que traga mais dignidade, trabalho e renda aos produtores rurais do município. Essa iniciativa será uma mola propulsora para o desenvolvimento de Cuiabá”, finaliza.

Fonte: Secretaria de Agricultura de Cuiabá

Relacionadas

Veja também

A agroindústria constitui importante alternativa na geração de empregos, sucessão familiar e renda no meio rural. Para incrementar os negócios há programas efetivos
O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) recebe até o dia 24 de janeiro as inscrições para a seleção dos cursos técnicos gratuitos e a distância em Agronegócio, Fruticultura e Zootecnia
A Faculdade CNA está com inscrições abertas até o dia 23 de fevereiro para o vestibular de quatro graduações a distância
Ministra Tereza Cristina anuncia o valor durante lançamento do Circuito de Negócios Agro do BB e destaca trabalho para apoiar os pequenos produtores do campo