Search
Close this search box.

A FS participa do Encontro de Confinadores e Recria da Scot Consultoria e se destaca pelo mix de produtos para nutrição animal

12 de abril de 2023

Com o produto e a estratégia certos é possível aumentar em até 4 vezes a produção na recria
Compartilhe no WhatsApp
A FS participa do Encontro de Confinadores e Recria da Scot Consultoria e se destaca pelo mix de produtos para nutrição animal

A FS, uma das principais produtoras de etanol e nutrição animal do Brasil, participa do Encontro de Confinadores e Recria da Scot Consultoria, em Ribeirão Preto (SP), de 11 a 14 de abril. A empresa está com estande para apresentar produtos de nutrição animal, derivados da produção de etanol de milho, e as vantagens de seu uso, com destaque para o FS Ouro que pode aumentar em quatro vezes a produção na recria, quando utilizado em Estratégia de Recria Intensiva a Pasto.  
 
No primeiro dia, 11 de abril, foi apresentada no espaço principal do evento a palestra do professor e pesquisador Gustavo Rezende Siqueira, responsável pelo estudo que comprova a eficácia da Estratégia Recria Intensiva a Pasto com o uso do FS Ouro. Siqueira é pesquisador do Polo Regional de Colina da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA), e um dos idealizadores da conhecida técnica Boi 777.
A Estratégia Recria Intensiva a Pasto com o uso do FS Ouro pode ser adotada em todo o Brasil, mas a ênfase, desse primeiro estudo, foi dada ao estado de Mato Grosso. “Os resultados apontam redução no período de recria. Trouxemos de 12 para 8 meses. Temos aumentado também a quantidade de animais por área, ao redor de 33% a 35%; onde cabiam mil animais, agora cabem 1.330. Ou seja, fazemos três ciclos de 1.330 bois”, explica o pesquisador. Siqueira ressalta ainda que suplementar não é concorrer com o pasto, e sim complementar o pasto.  “O ideal é que se tenha o melhor pasto possível e se suplemente para produzir mais por animal e por área. É por esse caminho que a pecuária deve caminhar”, destaca.
O diretor Comercial da FS, Fabrício Vieira, reforça que “a empresa possui parcerias com renomadas instituições nacionais e internacionais de pesquisa e investe em experimentos científicos, com objetivo de levar ao cliente informações de qualidade quanto ao nível de inclusão do ingrediente na dieta dos animais, além dos benefícios e utilização estratégica dos produtos”.
Além do FS Ouro, a FS possui uma linha completa de DDG (Dried Distillers Grains = grãos secos de destilaria), que traz em sua composição alto teor nutricional e é destinado à alimentação de bovinos, suínos, aves, peixes e pets. São aplicadas tecnologias de ponta na produção dos DDGs cujo processo permite separar as fibras do milho (FST), o que gera três opções para a nutrição animal: FS Essencial, rico em proteína, indicado para aves, suínos e bovinos; FS Ouro, rico em energia e fibras, indicado em dietas para bovinos e suínos; e FS úmido, com energia, proteína e rico em fibra, indicado para bovinos. Além do Óleo de Milho, comercializado sob a marca FS Vital.  
Vale destacar que o DDG é parte do modelo de economia circular adotado pela FS no qual todos os resíduos da produção de etanol de milho são aproveitados. A companhia tem como visão ser o maior produtor de combustível carbono negativo do mundo.
 
 

Sobre a FS

  
A FS é a primeira indústria de etanol do Brasil que utiliza milho em 100% da produção. Hoje, com duas unidades, uma em Lucas do Rio Verde e outra em Sorriso, no Mato Grosso, a empresa tem capacidade para produzir cerca de 1,5 bilhão de litros de etanol por ano. Além disso, conta com tecnologia de ponta para a fabricação de produtos para nutrição animal, conhecidos pela sigla DDG (Dried Distillers Grains), óleo de milho e bioeletricidade. A Companhia está em processo de construção de sua terceira unidade produtiva, localizada em Primavera do Leste (MT), com investimento previsto de aproximadamente R$ 1,9 bilhão e que elevará sua capacidade total para cerca de 2 bilhões de litros de etanol por ano. A FS prioriza a sustentabilidade e nela investe constantemente, com os objetivos de consolidar a agenda de desenvolvimento sustentável e fortalecer seus compromissos de longo prazo com a sociedade. A empresa desenvolve um conjunto de ações em torno de seis compromissos de longo prazo (até 2030), criados em linha com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU) e o Acordo de Paris. Uma dessas ações estuda a implementação do sistema BECCS – Bioenergy with carbono capture and storage (Bioenergia com captura e estocagem de carbono), que pode torná-la uma das principais empresas do mundo e a primeira do RenovaBio a ter uma pegada negativa de carbono.

Por FS Assessoria

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

Uma vacina capaz de ajudar o criador de caprinos e ovinos a controlar a verminose, principal problema sanitário desses rebanhos no Brasil, foi validada pela Embrapa em animais da região Nordeste e apresentou um nível de eficácia entre 80% e 90% nos ovinos, e entre 60% e 70% nos caprinos.
Somado à complexa conjuntura global, o recuo das importações chinesas de leite tem mantido os preços internacionais estáveis, mas abaixo da média histórica.
Ambiente de negócios aponta para encurtamento das escalas de abate, o que pode levar ao maior apetite de compra
Pelo decreto, laticínios ou cooperativas que comprarem leite no Brasil poderão ser beneficiadas com até 50% de créditos presumidos.