Search
Close this search box.

França relata gripe aviária em fazenda de perus

29 de novembro de 2023

A doença se espalha na Europa
Compartilhe no WhatsApp
França relata surto de gripe aviária em fazenda de perus

 A França detectou um surto do vírus altamente patogênico da gripe aviária em uma fazenda de perus no noroeste do país, disse o Ministério da Agricultura nesta terça-feira, enquanto uma onda sazonal de infecções se espalha pela Europa.

O surto na região da Bretanha, o primeiro caso agrícola em França neste outono, ocorreu perto de onde uma ave selvagem infetada foi encontrada, informou o ministério num comunicado.

Vários casos entre aves selvagens foram registrados nos últimos dias, disse o ministério, acrescentando que o governo elevou o nível de alerta nacional para a gripe aviária de insignificante para moderado.

Os rebanhos de aves domésticas em áreas particularmente expostas ao contato com aves selvagens agora serão confinados em ambientes fechados, informou o ministério.

A gripe aviária tem levado ao abate de centenas de milhões de aves nos últimos anos. Ela geralmente atinge a Europa durante o outono e o inverno e foi detectada recentemente em fazendas de países como Alemanha, Holanda, Itália, Croácia e Hungria.

Combate a Gripe Aviária

Para combater a doença, que tem interrompido o fornecimento de carne e ovos de aves e feito com que os preços disparassem em algumas partes do mundo nos últimos anos, a França lançou uma campanha de vacinação contra a gripe aviária no início de outubro.

O programa francês está sendo inicialmente limitado aos patos, que são os mais vulneráveis ao vírus. Os patos foram responsáveis por apenas 8% da produção total de aves da França em 2022.

Por Reuters

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

Cooperação técnica entre o Governo do Maranhão e a Conafer vai garantir o melhoramento genético e aumento da produção dos rebanhos do estado
Mapa planeja apresentar um estudo à Organização Mundial de Saúde Animal para reconhecimento internacional dos estados envolvidos como zona livre de febre aftosa sem vacinação
Além das ensacadoras, o governo também entregou um silo à Prefeitura de Nova Venécia.
A produção brasileira de sêmen bovino (raças de corte e de leite) em 2023 foi de 19,431 milhões de doses, recuo de 22% ante os 24,757 milhões de doses do ano de 2022.