Forte demanda por carne bovina nos EUA

A demanda reprimida pela experiência de comer fora de casa após a flexibilização de restrições deu impulso às vendas dos frigoríficos norte-americanos

Compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram
Forte demanda por carne bovina nos EUA
Foto – Divulgação
Áudio

A maior processadora de carnes dos Estados Unidos, a Tyson Foods elevou nesta terça-feira (09/08) sua projeção de receitas para o ano fiscal de 2021, à medida que se beneficia de uma forte demanda por carne bovina após a retomada de operações de restaurantes e hotéis ao redor do país.

A demanda reprimida pela experiência de comer fora de casa após a flexibilização de restrições deu impulso às vendas dos frigoríficos norte-americanos, que também se beneficiaram de um “boom” recente na demanda chinesa por carne suína, depois de o país asiático ter reportado surtos de peste suína africana.

A produtora dos hotdogs Jimmy Dean disse esperar que suas vendas fiquem entre US$ 46 bilhões e US$ 47 bilhões no ano fiscal de 2021, ante expectativa anterior de US$ 44 bilhões a US$ 46 bilhões. Analistas esperam, em média, vendas de US$ 45,09 bilhões, conforme dados da Refinitiv IBES.

As vendas da Tyson no terceiro trimestre fiscal, encerrado em 3 de julho, avançaram para US$ 12,48 bilhões, versus US$ 10,02 bilhões em igual período do ano passado. Analistas esperavam, em média, que as cifras chegassem a US$ 11,49 bilhões.

Já o lucro líquido atribuível para a Tyson Foods avançou para US$ 749 milhões, ou US$ 2,05 por ação, contra US$ 526 milhões (US$ 1,44/ação) há um ano.

Fonte: Reuters
Foto: Divulgação

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

Depois dos tombos na semana passada, preços da arroba registram valorização em algumas importantes regiões do País, como nas praças do Mato Grosso, informa a consultoria
No Tocantins, confinamento é estratégia de gestão da fazenda, observa equipe do Confina Brasil.
Ao todo, serão ofertados 320 vacas em lactação e prenhas, além de 30 novilhas prenhas
Transferência de Embriões, Fertilização In Vitro e Inseminação Artificial por Laparoscopia estão entre as técnicas mais utilizadas pelos criadores da raça Dorper e White Dorper visando o melhoramento genético de seus rebanhos