Search
Close this search box.

Filme com Carmen Perez e Temple Grandin terá pré-lançamento no 8º Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio

28 de setembro de 2023

Painel dedicado ao assunto será no dia 26/10, às 13h, com o presidente do IMAC, Caio Penido e a pesquisadora do grupo ETCO, Fernanda Macitelli Benez
Compartilhe no WhatsApp
Filme com Carmen Perez e Temple Grandin terá pré-lançamento no 8º Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio
Mateus Paranhos, Temple Grandin e Carmen Perez Divulgação

Lançado em 2021 como um documentário, o projeto “Quando Ouvi a Voz da Terra” chega em nova fase com o lançamento do filme “Um outro olhar – Uma jornada pelo bem-estar animal e sustentabilidade”, que terá o primeiro teaser divulgado durante o 8º Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio – CNMA, que ocorrerá nos dias 25 e 26 de outubro, no Transamerica Expo Center, na capital paulista.

O filme conta com a pecuarista Carmen Perez como principal interlocutora das vivências de pessoas do campo, direção do cineasta Nando Dias Gomes e produção-executiva da jornalista Flávia Tonin. O objetivo agora do trio é alcançar um público além do agro, conquistar as salas e festivais de cinema com mais essa produção audiovisual. 

Um dos destaques da obra é o encontro entre Carmen Perez e Temple Grandin, grande inspiração da protagonista da história. Há uma importância pessoal retratada no enredo, mas também um significado simbólico pelo encontro de ideias de pessoas que são referência no Brasil e nos Estados Unidos para o bem-estar animal.

“Esse filme será especial, pois ele vai a fundo em questões que não foram tratadas, mostrando a preocupação que nós do campo temos com as futuras gerações”, comenta Carmen Perez. Para esse longa-metragem, a equipe está em gravação desde janeiro e o lançamento será no primeiro semestre de 2024.

Por enquanto, os espectadores poderão ter uma prévia do filme, no dia 26 de outubro, às 13 horas, na Arena Master do CNMA, reproduzido durante um painel conduzido por Carmen Perez, que receberá convidados e as cenas inéditas e um trecho do filme contendo a participação da zootecnista e especialista em bem-estar animal norte-americana Temple Grandin.

“Carmen e Temple são mulheres que transformam tudo à sua volta, enriquecem o agro com sua luta e inspiram milhares de mulheres do setor e fora dele, com sua dedicação e preocupação com o futuro dos animais e da humanidade. Por isso é uma honra para nós que o projeto esteja mais uma vez conosco no CNMA”, afirma a gerente de Desenvolvimento e Novos Negócios no Transamerica Expo Center, Renata Camargo.

Além da protagonista e da especialista, o longa, que é dirigido pelo cineasta Nando Dias Gomes, conta com outros convidados especiais, responsáveis por construir e fortalecer a pecuária brasileira, entre eles o professor Mateus Paranhos, do Grupo de Estudos e Pesquisas em Etologia e Ecologia Animal (ETCO) da Unesp de Jaboticabal, bem como a professora Fernanda Macitelli, integrante do Grupo ETCO e consultora da Be. Animal, o presidente do IMAC, Caio Penido, o sociólogo Aldo Rebelo e o pecuarista Frederico Simioni.

O projeto atual conta com patrocínio das empresas KWS Smentes, Corteva Agriscience e MSD Saúde Animal; além do apoio da JBS, Beckhauser, DSM/Tortuga e 8º Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio.

O movimento “Quando Ouvi a Voz da Terra” mantém-se ativo em seu canal do youtube com entrevistas inéditas, todas as sextas, de participantes dos documentários lançados.

Canal do youtube: https://www.youtube.com/@quandoouviavozdaterra

Inscrições do Congresso

As inscrições para o CNMA ainda estão abertas. Acesse o site www.mulheresdoagro.com.br e saiba mais.

Por CNMA

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

Confinamento alcança 7,379 milhões de cabeças e destaca a importância da tecnologia e gestão para aumentar a produtividade no setor
Criação de canais de atendimento exclusivos e especializados e melhorias na rede elétrica no interior integram série de ações previstas no Cemig Agro.
Produção de frangos e ovos é destaque no Distrito Federal. A grande demanda da região por produtos de origem animal resulta nos quase 6 mil produtores cadastrados na Emater-DF
A Pecuária é responsável por US$ 1,37 bilhão das exportações sul-mato-grossense