Search
Close this search box.

Acordo entre Filipinas e Brasil deve impulsionar exportação de carnes bovina, suína e de aves

14 de março de 2024

País asiático reconheceu equivalência de sistemas de inspeção sanitária, atendendo pedido feito pelo governo brasileiro em 2023
Compartilhe no WhatsApp
Acordo entre Brasil e Filipinas deve impulsionar exportação de carnes bovina, suína e de aves

O governo brasileiro anunciou nesta terça-feira (12) que as Filipinas reconheceram a equivalência de sistemas de inspeção sanitária para as exportações brasileiras de carnes bovina, suína e de aves.

Em resposta a um pedido feito pelo Brasil no ano passado, o Departamento de Agricultura e Inspeção da Filipinas outorga ao Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) autorização para certificar e habilitar estabelecimentos auditados pela missão de inspeção do país asiático.

Além disso, informa o Ministério da Agricultura, o acordo inclui a possibilidade de habilitar outras unidades produtivas que atendam aos requisitos estabelecidos. O acordo é válido por três anos, a partir de 28 de fevereiro deste ano.

O reconhecimento, chamado de “system accreditation”, atesta o nível de confiança no controle sanitário brasileiro. O país vende alimentos a mais de 150 nações do planeta.

ABPA

De acordo com a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), a conquista anunciada pelo Ministério da Agricultura e Pecuária deve influenciar positivamente o fluxo de exportações neste ano de carne de frango e suína.

A entidade explica que, com a acreditação de sistema e estabelecimento de pré-listing, as missões técnicas das autoridades do país asiático agora estarão focadas na validação do sistema, não de plantas. Anteriormente, a habilitação era realizada individualmente, com análise documental realizada pelas Filipinas.

Ao todo, 23 plantas exportadoras de carne de frango e quatro unidades exportadoras de carne suína estavam habilitadas a exportar, diz a ABPA.

“O pré-listing é um importante reconhecimento ao sistema brasileiro e o estabelecimento de um novo patamar nas relações com o mercado filipino (…). Temos boas expectativas quanto ao crescimento da parceria entre as duas nações”, analisa o presidente da ABPA, Ricardo Santin.

Comércio entre Brasil e Filipinas

O Mapa informa que, no ano passado, o Brasil exportou cerca de US$ 700 milhões em carnes para as Filipinas, o equivalente a 394 mil toneladas. Já as importações globais das Filipinas dos produtos do agronegócio brasileiro totalizaram US$ 907,9 milhões, o equivalente a 836 mil toneladas de alimentos.

De acordo com a ABPA, atualmente as Filipinas são o sexto principal destino das exportações de carne de frango do Brasil, com 37,4 mil toneladas importadas no primeiro bimestre deste ano. De carne suína, foram 25,7 mil toneladas no mesmo período, posicionando o mercado como segundo maior importador. Somadas, as vendas das duas proteínas geraram receitas superiores a US$ 80 milhões nos dois primeiros meses deste ano.

Por Canal Rural

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

Eleições do Parlamento acontecem esse ano
País asiático reconheceu equivalência de sistemas de inspeção sanitária, atendendo pedido feito pelo governo brasileiro em 2023
Comitiva da associação participa de congresso no país da América Central até este sábado (2)