O AGRONEGÓCIO MAIS PERTO DE VOCÊ

Enxofre e sua importância para a correção do solo na agricultura

Além de amplamente usado na pecuária para a nutrição animal, o enxofre também serve como matéria-prima para a fabricação de fertilizantes usados na agricultura com o objetivo de suprir as necessidades nutricionais do solo, bem como visando o aumento da produtividade
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Áudio

Um dos grandes desafios da agricultura, atividade essencial para a produção mundial de alimentos, é produzir mais e em menor área a fim de suprir a demanda populacional que cresce a cada ano. Portanto, a fim de atingir uma resposta mais rápida no aumento de produtividade e, ainda, contribuir para reduzir desmatamento, erosão, poluição de água e emissão de gases do efeito estufa, os agricultores usam como aliados os fertilizantes a base de enxofre para a correção do solo.

Vale esclarecer que o enxofre é o quarto nutriente mais usado pelas plantas, ficando atrás somente do nitrogênio, do fósforo e do potássio. Ele atua, entre outras funções, na composição de dois importantes aminoácidos, cistina e metionina, que realizam a síntese de proteínas. Exatamente por isso que o enxofre é amplamente usado na pecuária, pois é um nutriente essencial para os ruminantes.

“O enxofre é importante para a nodulação e fixação do nitrogênio pelas leguminosas. Participa da clorofila. É importante para a maturação de sementes e frutos. Aumenta os teores de óleos das sementes oleaginosas (soja). Melhora a resistência hídrica e controla algumas doenças que estão presente no solo que atacam as plantas”, explica Grimaldo Furtado, diretor Bravya Fertilizantes.

Diante de todos estes benefícios, é imprescindível que a planta tenha acesso a enxofre durante todo o seu ciclo. Contudo, ainda de acordo com Furtado, os solos brasileiros, de modo geral, têm deficiência deste elemento, principalmente os mais arenosos. “Isso pelo baixo teor de matéria orgânica e o enxofre no solo é altamente lixiviável devido a sua baixa fixação eletroquímica nos coloides do solo”.

Sendo assim, diante da necessidade da grande produtividade na agricultura, o uso de enxofre por meio de fertilizantes destinados para a agricultura é tido como um importante aliado. “Quando se aplica [enxofre] através dos fertilizantes, se tem uma logística agronômica de aplicação mais eficiente, tendo uma melhor eficiência deste elemento”, acrescenta o Furtado.

Enxofre destinado para a agricultura é um dos produtos oferecidos pela Carbotex – Foto: Divulgação
Tipos de enxofre usados na agricultura

Como matéria-prima para a fabricação de fertilizantes, o enxofre pode ser encontrado em forma de sulfato, elementar ou como uma combinação de ambos. No caso da Bravya, a empresa utiliza a versão elementar que é fornecida pela parceira Carbotex, líder de mercado quando o assunto é enxofre para o agronegócio.

“Adquirimos essa matéria-prima, primeiro, pelas qualidades técnicas do produto, tais como pureza do enxofre, qualidade na moagem. Além disso a Carbotex é uma empresa Parceria da Bravya, pois tem um alto grau de profissionalismo”, cita o diretor.

Ainda segundo Furtado, o enxofre elementar é de fácil lixiviação no solo, o que garante maior durabilidade. Porém, depende de um processo de oxidação para estar disponível para plantas, sendo liberado, portanto, gradualmente.
O diretor da Bravya garante que os fertilizantes a base de enxofre elementar podem ser usados em todos os solos destinados para a agricultura. Porém, os mais arenosos, normalmente, são os com menores concentrações e, assim, com mais necessidade deste tipo de fertilizante visando o aumento da produtividade na agricultura.

Fonte: Redação Agrovenki/Assessoria de Imprensa
Crédito da foto em destaque: Divulgação/Canva

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil