Search
Close this search box.

Enriquecimento ambiental favorece produtividade e sustentabilidade nos aviários da BRF 

15 de junho de 2023

A expectativa da companhia é que em 2025 toda a cadeia já esteja adaptada às novas práticas
Compartilhe no WhatsApp
Enriquecimento ambiental favorece produtividade e sustentabilidade nos aviários da BRF 

BRF, uma das maiores companhias de alimentos do mundo, tem investido, cada vez mais, em técnicas de manejo que favorecem a produtividade e o bem-estar animal nos aviários. Um exemplo é o uso de enriquecimento ambiental, incluindo o uso de poleiros como estimulantes às aves, que resulta em benefícios físicos e mentais aos animais. A Companhia estimula, inclusive, a adoção desta prática aos seus produtores integrados por meio de pagamento diferenciado.

A gerente de Bem-estar Animal da BRF, Josiane Busatta, conta que há sete anos, a empresa desenvolveu de forma pioneira seu próprio Programa de Bem-estar Animal, que prioriza a adoção de boas práticas voltadas para os cuidados dos frangos de corte. “O objetivo é promover saúde para as aves via alimentação balanceada com condições ambientais adequadas, como temperatura e luz, e enriquecimento ambiental para estímulo de comportamentos naturais,” explica.

A companhia investe também em rastreabilidade. Todos os frangos possuem as informações necessárias em relação à saúde, genética e uso de antibióticos, desde os avós. Josiane conta, ainda, que até os profissionais que estão no dia a dia do processo produtivo passam por treinamento. “Capacitação é essencial, passando desde quem produz os animais até o motorista que faz o transporte das aves,” completa.

Hoje, a BRF conta com cerca de seis mil produtores de frango de corte em diferentes regiões do país, e a expectativa é de que até 2025 toda a cadeia já esteja utilizando o enriquecimento ambiental que é um compromisso público da empresa.

Compromisso: Pioneira na agenda de bem-estar animal, a BRF conta com programa global que estabelece práticas e compromissos na criação, transporte e abate dos animais, com políticas, normas, processos e indicadores, respeitando as especificidades de cada localidade em que atua, sejam ambientais, culturais, climáticas ou religiosas. Tais ações de bem-estar animal estão alinhadas com as melhores práticas globais, com o estabelecimento de padrões para assegurar os processos da empresa.

Sobre a BRF      

Uma das maiores companhias de alimentos do mundo, a BRF está presente em 117 países e é dona de marcas como Sadia, Perdigão e Qualy. Seu propósito é oferecer alimentos de qualidade cada vez mais saborosos e práticos, para pessoas e seus pets em todo o mundo, por meio da gestão sustentável de uma cadeia viva, longa e complexa, que proporciona vida melhor a todos, do campo à mesa.      

 Por Assessoria BRF

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

Confinamento alcança 7,379 milhões de cabeças e destaca a importância da tecnologia e gestão para aumentar a produtividade no setor
Produção de frangos e ovos é destaque no Distrito Federal. A grande demanda da região por produtos de origem animal resulta nos quase 6 mil produtores cadastrados na Emater-DF
A Pecuária é responsável por US$ 1,37 bilhão das exportações sul-mato-grossense
Comitivas internacionais da América Latina, África e Ásia são esperadas no Parque da Gameleira