Search
Close this search box.

Empresa realiza soltura de 450 mil peixes no Rio Paranapanema

1 de maio de 2023

Espécies pacu e curimbatá foram liberadas no Parque Estadual do Morro do Diabo e nas regiões das Usinas Hidrelétricas de Rosana, Taquaruçu e Capivara.
Compartilhe no WhatsApp
Empresa realiza soltura de 450 mil peixes no Rio Paranapanema
Ação ambiental tem como objetivo repovoar e garantir a diversidade de peixes — Foto: CTG Brasil

A empresa China Three Gorges Corporation (CTG) Brasil realizou a soltura de 450 mil peixes no Rio Paranapanema em Rosana (SP)Sandovalina (SP)Taciba (SP) e Teodoro Sampaio (SP).

De acordo com a empresa de geração de energia limpa, foram soltos animais da espécie pacu e curimbatá em regiões das Usinas Hidrelétrica do Oeste Paulista, durante o mês de abril.

No total, foram liberados 1,35 milhão e parte deles, cerca de 450 mil, foram soltos na sede do Parque Estadual do Morro do Diabo, em Teodoro Sampaio, na ponte de Santo Inácio e no balneário de Primeiro de Maio, localizados no estado do Paraná.

Tais locais estão próximos aos reservatórios das Usinas Hidrelétricas de Rosana, Taquaruçu, em Sandovalina e Capivara, em Taciba.

Programa da soltura dos peixes

As solturas fazem parte do Programa de Manejo e Conservação da Ictiofauna, promovida pela CTG Brasil com autorização do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama). A ação ambiental tem como objetivo repovoar e garantir a diversidade de peixes através da produção e solturas de espécies nativas.

Os peixes utilizados no programa de repovoamento são produzidos na piscicultura da CTG Brasil, em Salto Grande (SP). No laboratório, além da produção de peixes, são desenvolvidas pesquisas em parceria com universidades.

“A soltura de peixes de espécies nativas é um modo de colaborar com o desenvolvimento desses ecossistemas, garantindo a reprodução e o estoque pesqueiro”, explica Norberto Castro Vianna, especialista de Meio Ambiente da CTG Brasil.

Por G1

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

Gravada e publicada em parceria com o Chef de cozinha Jimmy Ogro, a série que desmistifica a suinocultura a carne suína já soma quase 120 mil visualizações no Instagram
Uma jornada de imersão na pecuária de confinamento americana revela práticas inovadoras e abre novas perspectivas para o agronegócio brasileiro
A feira contou com 1500 animais de 160 expositores das raças Girolando, Gir Leiteiro, Holandês, Guzerá, Guzolando, Jersey, Simental e Búfalos
Confinamento alcança 7,379 milhões de cabeças e destaca a importância da tecnologia e gestão para aumentar a produtividade no setor