Search
Close this search box.

Embratel lança plataforma que integra soluções de TIC para o agro

6 de novembro de 2023

Smart Farm apoia agronegócio com serviços de imagens via satélite, telemetria, estações meteorológicas, amostragem de solo e processamento de dados
Compartilhe no WhatsApp
Embratel lança plataforma que integra soluções de TIC para o agro

A Embratel lançou a Smart Farm, plataforma para impulsionar a adoção de conectividade e de ferramentas digitais no agronegócio. A nova solução une tecnologias e conectividade de ponta e foi desenvolvida em conjunto com a Farmers Edge, especializada em soluções agrícolas digitais, para criar um ecossistema inovador, mais sustentável e conectado, para apoiar na tomada de decisões estratégicas no campo. 

A plataforma inclui serviços de imagens via satélite de alta resolução, estações meteorológicas, telemetria, amostragem de solo, processamento de dados com Inteligência Artificial e Machine Learning, aplicativo de gestão de dados, além de suporte e treinamentos personalizados aos agricultores. 

Embratel pode fazer integração de outras soluções de acordo com o cliente

Para apoiar a implantação, curadoria e sustentação da digitalização das fazendas, a Embratel também pode fazer a integração de outras soluções de TI e Telecom de acordo com as necessidades dos clientes do campo. A oferta da Claro já está embarcada nas soluções para garantir o acesso contínuo aos dados de monitoramento e gerenciamento do agronegócio. 

Os sistemas também podem incluir dispositivos de Internet das Coisas (IoT) capazes de funcionar sozinhos para a medição de todas as frentes, incluindo solo, quantidade de água e até fertilizantes. 

A plataforma Smart Farm é disponibilizada ao mercado com quatro módulos: 

Smart Imagery: fornece imagens via satélite de alta frequência e alta resolução, além de mapas exclusivos das fazendas. Por meio da gestão desses dados, é feita a detecção automática de possíveis pragas, doenças, deficiências nutricionais, injurias climáticas, falhas de aplicação, mau funcionamento de equipamentos e problemas de drenagem. Ao reconhecer alguma mudança, a solução notifica automaticamente o agricultor para que sejam realizadas as correções necessárias. 

Smart Insite: realiza o monitoramento de culturas e agricultura digital, com foco especial em clima.  A solução permite e aprimora as decisões agronômicas por meio da captura de dados no campo, e permite fazer análises e modelagens preditivas. É composta por uma estação meteorológica que coleta informações de condições climáticas, como umidade, temperatura, precipitação em tempo real; e oferece imagens via satélite de alta frequência e alta resolução. Dessa forma, é possível ter o conhecimento do microclima da propriedade, programando melhor operações de acordo com as condições meteorológicas. 

Smart: a solução une as tecnologias e funcionalidades das ofertas Smart Imagery e Smar Insite, adicionando o uso de telemetria para monitorar equipamentos, como colheitadeiras, em tempo real. A telemetria permite rastreamento do maquinário, disponibilizando também o histórico de trajetos e outros indicadores. Assim, as operações são monitoradas, possibilitando ajustes imediatos em caso de uso incorreto dos equipamentos, como velocidade inadequada no tráfego. Ainda, permite a identificação de possíveis falhas operacionais e a economia do uso de combustíveis. 

Smart VR: a solução traz as funcionalidades e tecnologias da oferta Smart, além de uma consultoria agronômica que realiza a amostragem e análise de solo, possibilitando a otimização e a correta aplicação de insumos, fertilizantes e corretivos, com mapas de plantio. A solução apoia na promoção da economia de recursos e na adoção de melhores práticas sustentáveis. 

Todas essas soluções contam com um aplicativo de gerenciamento que apresenta em tempo real todos os indicadores coletados pelas ferramentas, beneficiando a programação de operações e a realização de procedimentos preditivos para melhorar o processo de colheita. 

Por IP News

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

Os pesquisadores vão debater projetos e ações para o desenvolvimento sustentável da piscicultura na Amazônia com uso de tecnologia.
Empresa tem como produtos biofertilizantes e biocombustíveis produzidos a partir da sanitização de resíduos orgânicos que podem ser utilizados no campo.
Modificações na agricultura por intermédio da tecnologia e inovação tentam minimizar os impactos da produção de alimentos no meio ambiente e tornar o setor mais eficaz e sustentável. Um sensor ajuda no processo
Biodigestores estão revolucionando a energia sustentável e agricultura, transformando resíduos orgânicos em biogás.