Search
Close this search box.

Emater beneficia mais de 1.600 famílias de agricultores familiares com entrega do CAF

10 de setembro de 2023

Empresa de Assistência Rural entregou Cadastros Nacionais da Agricultura Familiar (CAF’s) físico e jurídico e, ainda, a Dispensa de Licença Ambiental
Compartilhe no WhatsApp
Emater beneficia mais de 1.600 famílias de agricultores familiares com entrega do CAF

A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Pará (Emater) realizou a entrega de 3 Cadastros Nacionais da Agricultura Familiar (CAF’s) jurídico, 75 CAF’s físico e uma Dispensa de Licença Ambiental (DLA), nesta quarta-feira (6), em Santarém, oeste do estado. A ação realizada no escritório local da Emater contou com a participação do presidente do órgão estadual, Joniel Vieira de Abreu.

“Por meio desses documentos eles terão a inserção aos programas Nacionais do Governo Federal, gerando qualidade vida por meio da ascensão na renda familiar”, destacou Joniel Vieira de Abreu.

O levantamento dos dados das famílias beneficiadas foi realizado no período de um ano. “Nós estamos felizes pelo resultado de toda equipe da Emater de Santarém que está cumprindo o seu papel de levar serviços de assistência técnica e extensão rural para agricultores familiares nas suas diversas modalidade, sejam quilombolas, assentados de reforma agrária, ribeirinhos, pescadores artesanais, extrativistas, dentre outros”, contou o chefe do Escritório Local da Emater de Santarém e engenheiro florestal, Elton Ferreira.

A Associação de Produtores Rurais de Santarém (Aprusan) trabalha as cadeias produtivas da fruticultura, hortaliças, avicultura, mandiocultura, e, ainda, com o setor de polpa de frutas agroindustrializadas, algumas delas, já certificadas.

Na ação, a Associação recebeu o CAF jurídico. A entidade atende 1.400 famílias de agricultores familiares dos municípios de Santarém, Mojuí e Belterra. A associação trabalha nas três principais feiras de Santarém, sendo a maior representatividade do município e região.

O CAF jurídico possibilita à associação o acesso às políticas públicas sociais, como o Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR), Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). 

“O CAF jurídico é um documento de fundamental importância para o trabalho da associação dentro dos programas sociais. Agradeço a Emater por meio de seus técnicos pelo apoio e ao gestor da Emater pela abertura de diálogo, esta é a segunda vez que temos acesso a presidência do órgão para tratar sobre nossas demandas, algo que nunca tinha acontecido antes. Isso tem sido muito importante e gratificante para nós, sem o apoio da Emater não teríamos essas conquistas tanto dentro desse processo da organização como do acesso às políticas públicas dentro da nossa região”, destacou o presidente de APRUSAN e produtor rural, José Sebastião.

A Cooperativa de Agricultores Familiares de Santarém (COOPAFS) também recebeu o CAF jurídico. A COOPAFS já acessa o PNAE e o PAA. Em 2023, a associação recebeu a aprovação para recursos no PNAE de mais de um milhão de reais e no PAA, o incentivo foi de meio milhão de reais, todas foram propostas elaboradas pela Emater por meio do Escritório Local de Santarém. O CAF jurídico vai viabilizar a efetivação das vendas institucionais.

A COOPAFS atende 145 produtores das regiões de assentados da reforma agrária e quilombolas. O trabalho de cultivo se detém nas hortaliças, na fruticultura e mandiocultura.

 “Esse documento é muito importante, é a partir dele que realmente vamos poder concorrer às políticas públicas, estaremos representados nas próximas chamadas públicas e nas instituições, isso é uma valorização do trabalho do agricultor familiar, a gente dependia muito deste documento”, declarou a presidente da COOPAFS e agricultora familiar, Lucilene da Silva Sousa. “A gente vê que é um trabalho sério e transparente da Emater, com essa lisura no levantamento e comprovação dos dados”, observou a presidente da COOPAFS.

Já a Associação Quilombola de Murumurutuba (AQMUS), foi beneficiada com a entrega do CAF jurídico; 75 CAF’s físicos, destes 50 famílias já irão acessar o PNHR e o PNAE para populações tradicionais; e ainda foi entregue uma Dispensa de Licença Ambiental para constituir o documento que está em processo de certificação da Agroindústria polpa de frutas Delícias do Quilombo, da associação. A agroindústria trabalha com os produtos extrativistas da floresta como o açaí, o cajá e o cupuaçu.

Por Emater

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil 

Relacionadas

Veja também

Com 2,8 milhões de toneladas, o Brasil se posiciona como o maior exportador global de algodão, ultrapassando os Estados Unidos
Medida é para o enfrentamento das consequências sociais e econômicas decorrentes de eventos climáticos extremos no Rio Grande do Sul. O arroz será vendido ao consumidor pelo preço tabelado de R$ 4 por quilo
Projetos de lei que reduziriam a dependência brasileira da importação de fertilizantes, impulsionando a produção agropecuária sustentável e tornando o País mais competitivo.
Mestre de torra da Mokado Lab de Cafés, da capital federal, supera 23 concorrentes e representará o Brasil no mundial da categoria, em Copenhagen, na Dinamarca