Search
Close this search box.

Criador e Médico Veterinário brasileiro é destaque como jurado das raças Dorper e White Dorper em exposição na Argentina

4 de agosto de 2023

Pedro Ortiz, novo diretor do CDT da Ovinopar, esteve recentemente no país vizinho e atuou como jurado de ovinos da mostra agropecuária mais antiga e tradicional da América Latina
Compartilhe no WhatsApp
Criador e Médico Veterinário brasileiro é destaque como jurado das raças Dorper e White Dorper em exposição na Argentina

Na recente 135ª Exposição Internacional de Pecuária, Agricultura e Indústria, que ocorreu de 20 a 30 de julho no recinto La Rural de Palermo, em Buenos Aires, Argentina, uma figura brasileira esteve no comando dos julgamentos das raças Dorper e White Dorper. O novo Diretor do Conselho Deliberativo Técnico (CDT) da Associação Paranaense de Criadores de Ovinos (Ovinopar), o Médico Veterinário e Criador Pedro Ortiz, foi o responsável por selecionar os melhores exemplares das raças.

O trabalho de Pedro Ortiz já é conhecido pelos criadores argentinos, haja vista que ele já atuou como jurado em outras importantes exposições na América Latina. Em 2021, ele foi jurado na Exposição Nacional das raças Dorper e White Dorper no Paraguai. Depois, em 2022, esteve no comando dos julgamentos da Exposição Nacional das raças na Argentina, e, devido ao reconhecimento do seu trabalho, foi convidado novamente para atuar como jurado na exposição de Palermo, mostra agropecuária mais antiga e tradicional da América Latina.

Criador e Medico Veterinario brasileiro e destaque como jurado das racas Dorper e White Dorper em exposicao na Argentina 3

Jurado brasileiro ficou surpreso com a exposição

“O evento é surpreendente, uma coisa de outro mundo. Eu nunca tinha visto uma feira tão organizada e com tanto glamour. Para se ter ideia, o pavilhão dos ovinos era todo de tapete, um carpete vermelho. E a pista de julgamento era de carpete verde, com iluminação para todo lado, várias câmeras, passando o julgamento ao vivo num telão e num canal aberto para a Argentina”, conta o diretor do CDT da Ovinopar e titular da Cordeiro Medalha.

Além de ter se surpreendido com a estrutura da exposição em si, Ortiz conta que também ficou admirado com a quantidade de pessoas acompanhando os julgamentos de ovinos na plateia. “Tinha uma arquibancada com cerca de 500 pessoas, muita gente mesmo, acompanhando os julgamentos de ovinos, o tempo todo lotado. A plateia aplaudia e vibrava a cada resultado. Foi um negócio fora de série, que eu nunca tinha visto. Muito bonito e emocionante de ver”.

Criador e Medico Veterinario brasileiro e destaque como jurado das racas Dorper e White Dorper em exposicao na Argentina 2

Qualidade do plantel da Argentina do Dorper e do White Dorper

Ao todo, cerca de 80 animais das raças Dorper e White Dorper passaram pelas análises do Membro do CDT da Ovinopar durante a exposição de Palermo. Na ocasião, Ortiz pode se certificar que o plantel brasileiro está bem na frente do argentino em questão de qualidade. No entanto, ele conseguiu observar uma melhora significativa desde a sua primeira participação em eventos no país vizinho. 

“O Brasil está bem na frente, hoje somos o segundo melhor do mundo, só ficamos atrás da África do Sul. Mas percebi sim uma melhora da qualidade de animais da nacional deles do ano passado, para essa feira de Palermo agora. Eu acho que é um país que tem muito potencial para crescer por conta da dedicação, da garra que eles têm e da força de vontade de fazer acontecer”, acrescenta o Médico Veterinário.

Além de ter sido jurado das raças Dorper e White Dorper durante a 135ª Exposição Internacional de Pecuária, Agricultura e Indústria, Pedro Ortiz também ministrou uma palestra no evento. “Eu pude falar do padrão das raças, de como a gente faz o nosso trabalho aqui de seleção, de reprodutores, de acasalamento, e foi muito proveitoso. Teve bastante discussão, bastante dúvida, nós conversamos bastante”, finaliza Ortiz.

A crescente participação de jurados brasileiros em eventos internacionais fortalece o intercâmbio de conhecimento entre criadores de diferentes países e promove o reconhecimento do trabalho realizado no Brasil na área da zootecnia. Além disso, demonstra que o país possui profissionais de excelência no campo da criação e manejo de ovinos, estabelecendo laços, compartilhando conhecimento e fortalecendo a pecuária em toda a América Latina.

Instagram: @ovinopar | Facebook: Ovinopar

Por Agência Agrovenki
Crédito das fotos: Arquivo pessoal/Pedro Ortiz

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil 

Relacionadas

Veja também

Uma vacina capaz de ajudar o criador de caprinos e ovinos a controlar a verminose, principal problema sanitário desses rebanhos no Brasil, foi validada pela Embrapa em animais da região Nordeste e apresentou um nível de eficácia entre 80% e 90% nos ovinos, e entre 60% e 70% nos caprinos.
Somado à complexa conjuntura global, o recuo das importações chinesas de leite tem mantido os preços internacionais estáveis, mas abaixo da média histórica.
Ambiente de negócios aponta para encurtamento das escalas de abate, o que pode levar ao maior apetite de compra
Pelo decreto, laticínios ou cooperativas que comprarem leite no Brasil poderão ser beneficiadas com até 50% de créditos presumidos.