Creep-feeding supre falta de nutrientes nos bezerros

Suplementação Creep-feeding MinerBlock Creep da Minerthal reforça a nutrição e agrega valor aos bezerros, segundo experimento.
Share on whatsapp
Compartilhe no WhatsApp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram
Creep-feeding supre falta de nutrientes nos bezerros
Experimento utilizou 434 animais da estação de parição 2020, sendo 344 bezerras e 90 bezerros, provenientes de matrizes primíparas e secundíparas da raça Nelore.
Áudio

A nutrição inadequada dos bezerros durante a fase de aleitamento pode provocar danos irreparáveis aos animais. Isso se dá porque um bezerro desmamado com menor peso tende a ser menos valorizado quando comparado àquele mais pesado, e recuperar essa a diferença de ganho peso ao longo da vida do animal não é uma tarefa simples.

O sistema de creep-feeding é uma das alternativas que podem ser utilizadas para solucionar problemas de baixo peso na desmama. Ele é um sistema de alimentação de bezerro com cocho separado, no qual apenas estes animais têm acesso. O objetivo com o creep-feeding é fornecer suplemento para satisfazer a necessidade dos nutrientes que podem faltar no animal em relação aos que ele ingere via leite e pastagem.

“A utilização desta técnica de suplementação em formato de bloco, além de complementar a nutrição dos bezerros, visa otimizar a mão de obra, já que o fornecimento do produto pode ser espaçado de 4 em 4 dias. Além disso, há a vantagem de menor desperdício de produtos por ventos e chuvas, já que o período de nascimento até o desmame coincide com o período chuvoso do ano”, explica o Diretor da Minerthal, Sérgio Morgulis.

Na busca por soluções para esta categoria animal, a Minerthal, em parceria com a Universidade de São Paulo (USP) e Fazenda Mater (Santa Rita do Pardo/MS), desenvolveu um experimento de suplementação de bezerros com creep-feeding através do MinerBlock Creep.

Suplementação MinerBlock Creep da Minerthal reforça a nutrição e agrega valor aos animais.
Suplementação MinerBlock Creep da Minerthal reforça a nutrição e agrega valor aos animais.

O estudo demonstra ótimos resultados com Creep-feeding

Para o experimento, foram utilizados 434 animais da estação de parição 2020, sendo 344 bezerras e 90 bezerros, provenientes de matrizes primíparas e secundíparas da raça Nelore, que estavam sendo suplementadas com MinerBlock Cria MD. Esses animais foram divididos em dois grupos: um sem suplementação creep-feeding e um fazendo o uso do creep-feeding.

Os resultados obtidos foram promissores para a suplementação testada. Os machos que consumiram MinerBlock Creep alcançaram 21,5 kg a mais que os animais do tratamento controle. Já as fêmeas alcançaram 14,8 kg a mais que as do tratamento controle.

“Com o valor do quilograma do bezerro, em setembro de 2021, sendo aproximadamente R$ 14, cada animal teria mais R$ 180,60 agregados ao seu preço final. Sendo o segundo maior produtor de bezerros do mundo, o Brasil possui potencial de produzir mais bezerros a partir do mesmo rebanho se utilizar as estratégias adequadas, como a suplementação por creep-feeding”, finaliza Morgulis.

A Minerthal Produtos Agropecuários, fundada em 1973, atua em âmbito nacional, levando ao mercado uma linha completa de produtos capaz de suprir as necessidades dos pecuaristas nos sistemas produtivos de pecuária de corte (cria, recria e/ou engorda e confinamento), pecuária de leite e indústrias ligadas à pecuária, em qualquer época do ano.

Fonte: Minerthal/Attuale Comunicação

Crédito: Divulgação Minerthal

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

Com a procura internacional crescente, o clima favorável para a produtividade, a qualidade dos produtos e os novos mercados crescem as vendas externas da fruticultura brasileira
Um novo levantamento divulgado pela Emater-MG mostra que milho, feijão e hortaliças foram as culturas mais afetadas pelo excesso de chuvas. As perdas são grandes
Embrapa lança edital para viveiristas interessados em produzir mudas e sementes de amendoim forrageiro. Trata-se de uma oportunidade dos agricultores diversificarem produtos
Desempenho no ano passado representa uma evolução de 10,3% em receita cambial, na comparação com 2020. Já no montante de quedas houve queda importante e esperada