Search
Close this search box.

Conhecimento sobre produção de sementes agroecológicas é compartilhado em Goiás

18 de janeiro de 2023

Cerca de 50 agricultores familiares participam hoje, quarta-feira (18), em Catalão (GO), de um dia de campo sobre a produção de sementes agroecológicas
Compartilhe no WhatsApp
Conhecimento sobre produção de sementes agroecológicas é compartilhado em Goiás

O evento está sendo organizado pela Embrapa Cerrados e conta com o apoio da Associação Estadual dos Pequenos Agricultores de Goiás. Duas propriedades serão visitadas pelo grupo. O objetivo é demonstrar técnicas e estratégias para a produção de sementes agroecológicas, atividade que vem sendo desenvolvida com sucesso na região.

Sementes Agroecológicas

O trabalho de produção das sementes agroecológicas começou na região em 2010 e uma de suas concepções é a dos corredores agroecológicos. A produção anual está em 250 toneladas de sementes agroecológicas que atendem mais de 20 mil agricultores familiares do estado de Goiás. São produzidas sementes de milho, feijão, arroz e plantas de cobertura (crotalária, feijão-de-porco, guandu e girassol). A maior parte é de milho (170 t), em seguida vem a produção de feijão (60 t), de arroz (10 t) e de plantas de cobertura (10 t). Antes desse trabalho, eram produzidas 10 toneladas por ha de milho e quatro de feijão.

Faixas combinadas

Os corredores agroecológicos são áreas individuais e coletivas onde faixas de cultivos alimentares são combinadas, temporal e espacialmente, com espécies de plantas de cobertura e outras de interesse local, compondo um sistema de consórcios e rotações. “Estruturadas dessa forma, as combinações de cultivos garantem a construção da fertilidade dos solos pelo aporte de matéria orgânica e exploração diferenciada de nutrientes, cuja ciclagem é promovida pelos sistemas radiculares e organismos associados, além de promover o controle biológico de infestantes, insetos e fitopatógenos”, explica o pesquisador da Embrapa Cerrados.

Ele conta que a estratégia dos ‘corredores agroecológicos’ surgiu como uma possibilidade para os agricultores familiares de Goiás garantirem a produção de alimentos e soberania alimentar ao mesmo tempo em que usam e conservam os recursos naturais, como água, solo e vegetação nativa, aproveitando satisfatoriamente os pequenos espaços que possuem para o cultivo de uma diversidade considerável de espécies. “É uma estratégia fundamental para a produção de sementes agroecológicas”, enfatiza o especialista.

Por: Embrapa Cerrados

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

Professor europeu visitou Unidade da Epamig em Viçosa para conhecer o trabalho de perto e disse que gostaria de levar nossa tecnologia para seu país
Estado de São Paulo produziu 192 mil toneladas de abacate no ano passado
Atração da feira, o Programa de Compradores Internacionais deve promover mais de mil encontros entre produtores nacionais e investidores estrangeiros. Brasil bateu recorde de exportações em 2023
A produtividade das lavouras do grão é estimada em 1.930 quilos por hectare pela Emater-RS/Ascar