Search
Close this search box.

Cingapura aprova pré-listagem para importação de proteína animal do Brasil

12 de dezembro de 2023

Ministério da Agricultura anunciou que a agência de controle sanitário de Cingapura elevou o Brasil à categoria de pré-listagem para exportação de carne bovina, suína, ovina e de frango e de seus produtos processados.
Compartilhe no WhatsApp
Cingapura aprova pré-listagem para importação de proteína animal do Brasil

Com a aprovação do processo de pré-listagem, o Ministério passa a ser o responsável por habilitar os frigoríficos aptos a exportar a Cingapura. “Demonstra a confiança do governo daquele país na qualidade do sistema sanitário brasileiro”, disse a pasta em nota. Em 2022, o Brasil exportou ao país asiático aproximadamente US$ 600 milhões em carnes e seus produtos, e acordo com o ministério.

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) comemorou: “O pré-listing autoriza todas as empresas habilitadas pelo Sistema de Inspeção Federal (ou seja, autorizadas pelo ministério brasileiro) a requererem a habilitação para exportar seus produtos para este destino. Antes, a habilitação era realizada individualmente, com análise documental das autoridades do país asiático”, disse em nota.

A entidade destaca que, na prática, mais empresas poderão acessar o mercado de Cingapura, “um dos mais importantes destinos das exportações” brasileiras. No caso da carne suína, é o quinto principal destino em 2023, com importações totais de 57,9 mil toneladas entre janeiro e novembro, gerando receita de US$ 148 milhões. O país também é o décimo primeiro maior importador da carne de frango do Brasil, com 121 mil toneladas nos onze primeiros meses deste ano, com receita de US$ 264,8 milhões.

“Cingapura é um mercado estratégico e de alto valor agregado para a proteína animal do Brasil. Esperamos ganhar ainda mais competitividade por lá, ampliando o número de players que atuarão nas exportações”, disse o diretor de mercados da ABPA, Luís Rua.

Esse novo anúncio soma-se à recente abertura do mercado de Cingapura para gelatina e colágeno bovinos, para crustáceos e moluscos bivalves congelados do Brasil.

A ABPA acrescenta que neste ano, antes de Cingapura, Reino Unido, Chile e Cuba estabeleceram o mesmo sistema de equivalência.

“Há um sólido aumento na adoção de pré-listing para as exportações brasileiras. Este é um reconhecimento importante à credibilidade de nosso sistema e do nosso país quanto à preservação de processos, o atendimento aos critérios e a elevada qualidade da produção e da inspeção, permitindo avanços sem precedentes nas exportações do País”, disse o presidente da ABPA, Ricardo Santin.

Por Dinheiro Rural

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

A produção brasileira de sêmen bovino (raças de corte e de leite) em 2023 foi de 19,431 milhões de doses, recuo de 22% ante os 24,757 milhões de doses do ano de 2022.
Uma recente diretiva da Organização Mundial da Saúde (OMS), publicado em dezembro de 2023, além das fórmulas infantis, permite o consumo de leite de vacas pasteurizado por bebês a partir dos seis meses de idade
O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT) é parceiro da 8ª edição do Farm Show, que acontece entre os dias 12 a 15 de março, das 8h às 20h, no Parque de exposições de Primavera do Leste.
Reunião dos Presidentes das Câmaras Setoriais do SAA destaca progressos e pioneirismos, com ênfase na atuação da Associação Grupo Pecuária Brasil e anúncio de novidades pelo Secretário de Agricultura do Estado.