Search
Close this search box.

China e Indonésia liberam vários frigoríficos brasileiros para exportação

23 de janeiro de 2023

China e Indonésia suspendem as proibições de frigoríficos brasileiros
Compartilhe no WhatsApp
China e Indonésia liberam vários frigoríficos brasileiros para exportação

A China suspendeu as proibições de três frigoríficos brasileiros, incluindo duas unidades de aves e uma de carne bovina, informou o ministro da Agricultura, Carlos Favaro, a repórteres nesta quarta-feira (18).

Ele também disse que a Indonésia liberou 11 plantas brasileiras de carne bovina para exportar para o país.

Em uma declaração por escrito, o ministério acrescentou que a China pode liberar outros oito frigoríficos para vender produtos no país asiático após o ano novo lunar.

Uma das unidades que os chineses proibiram em 2022 e agora foi liberada é operada pela JBS e processa carne bovina, disse o ministério. As outras duas são plantas avícolas administradas por outras empresas de alimentos.

Frigoríficos

Marfrig Global Foods e Minerva estão entre as empresas agora autorizadas a exportar carne bovina para a Indonésia, disse o comunicado do ministério.

Favaro também disse a repórteres que o Egito agora está permitindo a importação de algodão brasileiro.

As negociações para a venda do algodão brasileiro ao Egito começaram em 2006 e foram intensificadas em 2020, informou o ministério em nota.

Fonte: Reuters

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

O decreto deve ser publicado nesta sexta-feira (19/04) no Diário Oficial do Estado e passa a vigorar a partir de 2025
O número total de cabeças passou de 20,5 milhões para 25,4 milhões. Tem se destacado no Estado a criação de bubalinos, com alta de 43,27% no período.
A tecnologia já é empregada no exterior em peixes como salmão e truta, e o maior desafio era adaptá-la para o tambaqui
Nelore e anelorados representam 80% do rebanho bovino nacional. Entidade desenvolve ações de fomento e valorização da raça