Search
Close this search box.

Café tem dia positivo com ajustes nos preços e mercado mantém foco no clima do Brasil

19 de julho de 2023

Chuvas em algumas áreas deram suporte de alta, mas colheita pode voltar a pressionar
Compartilhe no WhatsApp
Café tem dia positivo com ajustes nos preços e mercado mantém foco no clima do Brasil

O mercado futuro do café arábica teve um dia de variação positiva para os preços, ajustando as cotações no pregão desta terça-feira (18) na Bolsa de Nova York (ICE Future US). 

Setembro/23 teve alta de 50 pontos, valendo 156,30 cents/lbp, dezembro/23 teve valorização de 80 pontos, cotado por 156,45 cents/lbp, março/24 teve alta de 90 pontos, cotado por 157,30 cents/lbp e maio/24 teve valorização de 95 pontos, negociado por 158,50 cents/lbp.

Segundo análise do site internacional Barchart, as chuvas dos últimos dias em algumas áreas cafeeiras do Brasil justificam o cenário positivo para os preços, além do ajustes após o início da semana ter sido marcado por intensa queda. “A Somar Meteorologia informou na segunda-feira que a região de Minas Gerais, no Brasil, recebeu 5,1 mm de chuva na semana anterior ou 850% da média histórica”, acrescenta a análise. 

Clima nas áreas de café

Para os próximos dias, no entanto, as condições do tempo devem favorer os trabalhos no campo, assim como a qualidade da bebida. Também não há previsão de frio intenso para os próximos dias em áreas de café, o que pode voltar a pressionar os preços. 

Na Bolsa de Londres, o tipo conilon teve um dia de desvalorização, após algumas sessões de suporte na preocupação com a Ásia. Setembro/23 teve queda de US$ 20 por tonelada, negociado por US$ 2532, novembro/23 teve queda de US$ 13 por tonelada, valendo US$ 2393, janeiro/24 teve queda de US$ 5 por tonelada, valendo US$ 2326 e março/24 teve queda de US$ 5 por tonelada, negociado por US$ 2292. 

“O robusta está sob pressão no reporte negativo da última quinta-feira, quando o Cecafé informou que as exportações brasileiras de robusta em junho subiram 60%”, voltou a destacar a análise. 
 
No Brasil, o dia foi marcado por estabilidade nas principais praças de comercialização do país. 

O tipo 6 bebida dura bica corrida teve alta de 0,63% em Machado/MG teve alta de R$ 805,00. Guaxupé/MG manteve a estabilidade por R$ 810,00, Poços de Caldas/MG manteve por R$ 820,00, Patrocínio/MG manteve por R$ 845,00, Machado/MG por R$ 805,00 e Franca/SP manteve por R$ 840,00. 

O tipo cereja descascado manteve o valor de R$ 885,00 em Guaxupé/MG, R$ 856,00 em Poços de Caldas/MG, R$ 900,00 em Patrocínio/MG e R$ 880 em Varginha/MG. 

Por Notícias Agrícolas

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil 

Relacionadas

Veja também

Dados mostram que serão produzidos 193,15 mil litros, abaixo do recorde de 580,22 mil litros do período anterior
Safra total de milho foi estimada em 114,14 milhões de toneladas, um acréscimo de 2,5 milhões de toneladas em relação ao previsto no mês passado; área plantada deve crescer 1% e produtividade deve avançar 1,2%
Essa parceria confirma a missão do AgroApp que é levar informações de qualidade para o produtor rural e profissional do campo.
Na comparação com a média diária de junho de 2023, há queda de 16,6% no valor obtido diariamente pelas exportações de açúcar em junho de 2024.