Search
Close this search box.

Brasil e China criam plano de trabalho para implementação de certificação eletrônica

17 de abril de 2023

Acordo foi assinado pelo ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro, durante encontro dos presidentes Lula e Xi Jinping em Pequim
Compartilhe no WhatsApp
Brasil e China criam plano de trabalho para implementação de certificação eletrônica

Com o objetivo de dar mais efetividade, combater e prevenir fraudes na exportação de produtos de origem animal, o Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) e a Administração-Geral de Aduanas da República da China (GACC) criaram o Plano de Trabalho Brasil-China de Cooperação na Certificação Eletrônica para Produtos de Origem Animal.

Exportacao de graos do Brasil deve acelerar com menos chuvas no centro sul 2023 04 16T155051.571 3
Foto Divulgação MAPA

Acordo Brasil/China

A proposta foi assinada pelo ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro, durante o encontro oficial do presidente Luiz Inácio Lula da Silva com o presidente da China, Xi Jinping, nesta sexta-feira (14), na capital chinesa, Pequim.

Conforme o plano de trabalho, Mapa e GACC farão a avaliação da viabilidade de intercâmbio de dados relacionados à certificação eletrônica e, a partir daí, promoverão os ajustes necessários nos sistemas utilizados no Brasil e na China e determinarão os modelos de Certificados Veterinários a serem utilizados.

Os certificados sanitários internacionais para produtos de origem animal são documentos essenciais para o comércio internacional e contêm informações que comprovam o atendimento aos requisitos sanitários e de segurança dos alimentos.

De acordo com o ministro Carlos Fávaro, a certificação eletrônica dará mais celeridade e segurança nas transações comerciais entre os países, podendo ampliar as exportações e importações de forma mais segura.

Por MAPA

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

O saldo alcançou US$9,42 bilhões, aumento de 14,2% em comparação ao mesmo período do ano anterior
Programas de destaque incluem “Vivenciando a Prática”, que já mostrou realidade do agronegócio a mais de 30 mil estudantes e professores, e a Agroteca Digital
O estudo indicou que a conectividade no agro, que antes era uma novidade, agora se tornou uma tendência emergente.
O estudo foi realizado pela HR Tech Mereo, plataforma integrada de gestão de pessoas presente em cerca de 40 países, responsável por atender a 10% das 500 maiores empresas do Brasil.