Search
Close this search box.

Brasil pode ser 2º maior produtor de grãos, diz Jorge Viana

26 de abril de 2023

Presidente da Apex diz que produção brasileira tem tecnologia para crescer ainda mais sem desmatar...
Compartilhe no WhatsApp
Brasil pode ser 2º maior produtor de grãos, diz Jorge Viana

O presidente da ApexBrasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos), Jorge Viana, disse nesta 3ª feira (25.abr.2023) que o Brasil tem potencial de ultrapassar a UE (União Europeia) e se tornar o 2º maior produtor de grãos do mundo. “O agronegócio brasileiro, a produção agrícola brasileira, a pecuária brasileira, já acumula muito conhecimento em tecnologia que, somado com o esforço do governo e sem desmatamento, vai produzir muito mais e melhor”, disse Viana a jornalistas depois do Encontro Empresarial Espanha-Brasil, evento organizado pela Câmara de Comércio da Espanha.

O Brasil, provavelmente, vai passar a União Europeia na produção de grãos e na atividade da agroindústria”, declarou. Viana também falou sobre o acordo Mercosul-UE, que deve ser discutido durante a visita do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) a Madri. “Quem vai ganhar muito [com a aprovação do acordo] é o nosso país, são os países do Mercosul”, disse. O presidente da Apex declarou ser “óbvio” que os interesses tanto do Brasil quanto da UE vão “estar em cima da mesa”, mas já esteve “mais longe” de um entendimento. “Agora, é a questão política”, disse, acrescentando que a Europa “entendeu” que o Brasil voltou e não vai mais, por exemplo, estimular o desmatamento.

Investimento do Brasil

Viana falou da possibilidade de o Brasil investir em outros mercados: “Em breve, nós vamos estar fazendo missões pela Apex, pelo governo, na Ásia, no Sudeste da Ásia, que é outro mercado que o Brasil pode conquistar, obviamente depois de avançar no acordo entre a União Europeia e o Mercosul”. Lula discursou no mesmo evento e falou sobre o acordo. Declarou que Brasil e os demais países do bloco sul-americano “estão engajados” para avançar para que o acordo saia ainda esse ano. “[A Espanha] poderá ajudar muito na conclusão desse acordo que eu imaginava que seria feito no meu 1º ano de mandato em 2023″ “Espero que a gente consiga fazer agora”, completou.

Por Poder 360

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

Dados mostram que serão produzidos 193,15 mil litros, abaixo do recorde de 580,22 mil litros do período anterior
Safra total de milho foi estimada em 114,14 milhões de toneladas, um acréscimo de 2,5 milhões de toneladas em relação ao previsto no mês passado; área plantada deve crescer 1% e produtividade deve avançar 1,2%
Essa parceria confirma a missão do AgroApp que é levar informações de qualidade para o produtor rural e profissional do campo.
Na comparação com a média diária de junho de 2023, há queda de 16,6% no valor obtido diariamente pelas exportações de açúcar em junho de 2024.