Search
Close this search box.

Autoridades condenam importação de leite em pó na abertura da Megaleite 2023

9 de junho de 2023

Secretário de Agricultura, presidente da Faemg e deputados ligados ao agro alertam que a importação do similar em pó configura ‘concorrência desleal’ com o produto nacional
Compartilhe no WhatsApp
Autoridades condenam importação de leite em pó na abertura da Megaleite 2023

A abertura da 18ª Exposição Brasileira do Agronegócio do Leite (Megaleite) –  que acontece até domingo (10) no Parque da Gameleira, em Belo Horizonte, foi marcada por discursos contrários à importação de leite em pó. O presidente do Sistema Faemg, Antônio Pitangui de Salvo, disse que as importações estão ‘massacrando’ nossos produtores e que o governo precisa fazer alguma coisa para reverter isso.

image 10
Foto: Megaleite

O secretário de Estado da Agricultura e Pecuária, Thales Fernandes engrossou o coro, dizendo que o leite em pó importado, hoje, representa cerca de 10% da produção nacional, algo inconcebível e que é preciso “valorizar e proteger o produtor brasileiro e não o uruguaio e o argentino”, falou. 

O governador Romeu Zema (Novo), presente à solenidade, disse ter “plena consciência dos problemas enfrentados pelos produtores de leite” e garantiu que vai continuar apoiando o setor que é responsável por 22% do PIB nacional. “Essa é uma atividade que merece todo nosso respeito,  e não é criminosa, como querem alguns. Temos cuidado do meio ambiente de maneira adequada e a participação do agro mostra que ela é uma atividade nobre e não é criminosa, como alguns querem caracterizá-la”.

Mais de 100 expositores e milhares de visitantes

A Megaleite, organizada pela Associação Brasileira dos Criadores de Girolando, em parceria com a Faemg, é a maior vitrine da pecuária da América Latina. A expectativa é que o evento atraía cerca de 100 empresas expositoras e milhares de visitantes de todas as partes do país e de outros países interessados em conhecer as novidades do setor. 

Domício Arruda: o crescimento da pecuária representa um avanço para toda a sociedade
Foto Itatiaia

Em seu discurso de abertura, o presidente da Associação de Girolando, Domício Arruda, disse que era uma “honra receber brasileiros e estrangeiros que lutam pela defesa do agronegócio do leite”. Tradicionalmente, a Megaleite recebe visitantes de todos os estados brasileiros e de países da América do Sul, América Central e Estados Unidos. “Inovação, novas tecnologias, eventos técnicos, leilões, debates relevantes, confraternização, turismo, gastronomia , tudo isso é Megaleite”, falou.

Domício disse ainda que é fundamental que o aumento da produtividade na pecuária leiteira, venha acompahado de sustentabilidade e que o compromisso do segmento é reduzir 40% da emissão de gases metano nos próximos anos. “O crescimento da pecuária representa um avanço para toda a sociedade que movimenta sua economia e ganha alimentos fartos de boa qualidade na mesa da população.”. Ainda segundo o presidente da Girolando, o desafio é fazer com que programas de melhoramento genético e novas tecnologias cheguem aos pequenos produtores. Isso deve ser uma política pública. Precisamos, definitivamente conectar a ciência ao campo”.

Zema acompanha inseminação na vaca Majestade de Cambaúvas

Governador Zema  no momento em que acompanhava a inseminação artificial de nº 200
Divulgação Girolando

Logo após a solenidade de abertura da feira, governador Romeu Zema participou da inseminação de Nº 200 na vaca Majestadade de Cambaúvas do Programa Mais Genética, parceria do governo do Estado com a prefeitura de Belo Horizonte, para levar melhoramento genético aos pequenos produtores.


Desfile de raças e evolução genética

Cerca de 1.500 animais das raças bovinas Girolando, Gir Leiteiro, Holandês, Pardo-Suíço, Jersey, Guzerá, Sindi, Simental, Simbrasil, além de búfalos participarão da Exposição.  Eles concorrerão nas competições de julgamento e torneio leiteiro. 


Leilões, Festival do Queijo e Mostras de Animais

A feira terá também leilões, mostra de animais, mini-fazendinha, eventos técnicos, como o Encontro de Conseleiteis, culturais e gastronômicos como o Festival do Queijo Minas Artesanal e uma vila gastronômica com réplicas de alguns dos melhores restaurantes da capital mineira.

Por Itatiaia

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

Confinamento alcança 7,379 milhões de cabeças e destaca a importância da tecnologia e gestão para aumentar a produtividade no setor
Produção de frangos e ovos é destaque no Distrito Federal. A grande demanda da região por produtos de origem animal resulta nos quase 6 mil produtores cadastrados na Emater-DF
A Pecuária é responsável por US$ 1,37 bilhão das exportações sul-mato-grossense
Comitivas internacionais da América Latina, África e Ásia são esperadas no Parque da Gameleira