Search
Close this search box.

Argentina suspende exportações de frango após detectar primeiro caso de gripe aviária

2 de março de 2023

A confirmação do caso da gripe aviárias levou a Argentina a suspender as exportações
Compartilhe no WhatsApp
Argentina suspende exportações de frango após detectar primeiro caso de gripe aviária

Argentina confirmou seu primeiro caso de gripe aviária em aves industriais, disse o secretário de agricultura na terça-feira, fazendo com que o país suspendesse as exportações de produtos aviários e aumentando os temores de que a doença possa se espalhar e prejudicar as exportações do país sul-americano.

O caso foi detectado na província de Rio Negro, no sul, uma área com baixa densidade avícola, disse o secretário Juan José Bahillo no Twitter.

“Nossos produtos avícolas continuam seguros para os argentinos. A suspensão das exportações atende aos requisitos das regulamentações internacionais”, disse ele, acrescentando que a medida da agência de segurança alimentar do país visa evitar uma maior disseminação.

Casos na Argentina

Cerca de 25 casos foram confirmados até agora, principalmente em aves selvagens.

Os primeiros casos foram registrados em meados de fevereiro e levaram o país a declarar emergência sanitária.

Os produtos avícolas geram exportações para a Argentina avaliadas em pouco mais de 350 milhões de dólares por ano.

Fonte: Reuters

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

Confinamento alcança 7,379 milhões de cabeças e destaca a importância da tecnologia e gestão para aumentar a produtividade no setor
Criação de canais de atendimento exclusivos e especializados e melhorias na rede elétrica no interior integram série de ações previstas no Cemig Agro.
Produção de frangos e ovos é destaque no Distrito Federal. A grande demanda da região por produtos de origem animal resulta nos quase 6 mil produtores cadastrados na Emater-DF
A Pecuária é responsável por US$ 1,37 bilhão das exportações sul-mato-grossense