Search
Close this search box.

Arena coberta celebra seus primeiros campeões no Freio de Ouro 2023

30 de agosto de 2023

Freio de Ouro 2023, que aconteceu no domingo, 27 de agosto, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio/RS
Compartilhe no WhatsApp
Arena coberta celebra seus primeiros campeões no Freio de Ouro 2023

Um sonho acalentado por anos, um anseio compartilhado por todos os amantes do Cavalo Crioulo finalmente se tornou realidade. O coração da comunidade crioulista bateu ainda mais forte nesta grande final do Freio de Ouro 2023, que aconteceu no domingo, 27 de agosto, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio/RS.  Neste momento foi revelado a todos o magnífico cenário que agora abrigará a continuidade de nossa história,  a paixão e o futuro da raça: a Arena Coberta do Cavalo Crioulo. 

Com os olhares que brilhavam e a torcida que se emocionava a cada movimento, a final do Freio de Ouro reservou muitos abraços, muitos sorrisos e o sentimento que só uma final dessa magnitude pode proporcionar. E assim, uma nova história foi concretizada em cada galope, cada aplauso, cada levantamento de placa. Com uma trajetória invejável, Belle Porcelana e Guanabara Saladero subiram no mais alto lugar do pódio e agora entram para a história como os primeiros a conquistar o Ouro nesta nova estrutura que simboliza a evolução da raça. 

Abertura Oficial contou com momentos de celebração

Um importante momento para celebrar toda a caminhada do Freio de Ouro e da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), da mesma maneira aqueles que proporcionam os momentos mistos de sentimentos até os dias de hoje, foi exaltado durante a Inauguração Oficial e Abertura Oficial da 42ª edição do Freio de Ouro, onde também aconteceu a Inauguração Oficial da Nova Pista Coberta. Trazendo as bandeiras das entidades que guiam e orientam os rumos da criação e provas do Cavalo Crioulo, os representantes das entidades que integram e impulsionam os momentos de afinidade com este ser. 

Momento mais que digno para anunciar e agradecer àquele que não teve tempo de competir na Arena Coberta do Cavalo Crioulo, mas teve oportunidades de sobra para gravar seu nome na história do Cavalo Crioulo pelo. Colibri Matrero, único cavalo tricampeão do Freio de Ouro, além de bicampeão da FICCC, adentrou na arena sem pressão alguma por nota, apenas para ser ovacionado pelo público que esteve presente na grande decisão e ser reconhecido como o maior vencedor de todos os tempos na modalidade, sustentando o título simbólico de Cavalo da América, para assim marcar a sua despedida das pistas. 

Uma promessa cumprida na categoria Fêmeas
Era fim de tarde de domingo, quando o pelo tostado foi realçado pelo dourado dos últimos raios de sol, que anunciaram o feito histórico daquela que acaba de marcar o início de  uma nova era nas areias da arena coberta do Cavalo Crioulo: Belle Porcelana, Campeã do Freio de Ouro 2023. Tal como demorou para a criadora perceber que a exemplar de sua criação havia acabado de inaugurar o novo cenário, entrando em pista carregando o peso de ser número 01 desta disputa entre as Fêmeas, as coincidências não foram ao acaso: Belle Porcelana é a primeira geração de Butiá Olodum (em mãe Delicada da Maya) a estrear em uma Final do Freio de Ouro. 

Mas como profetizou Elizabeth Lemanski, titular da Fazenda Paraíso, de Balsa Nova, no Paraná, “Eu disse que o box 01 iria terminar em primeiro lugar, está aí o resultado”. Daniel Waihrich Teixeira, que conduziu a grande Campeã nesta disputa, conhece bem os afixos “Belle”, em 2021, o ginete também subiu ao pódio com Belle Mandala. “Que momento maravilhoso, sem palavras, só tenho que agradecer a essa gurizada que anda com a gente”. Finalizou o ginete. 

A tostada salina rabicana estreante nas seletivas do Cavalo Crioulo, credenciada nas Regiões 5, 7 e 8 em Ponta Grossa/PR, forjou sua conquista sob sua funcionalidade, quando saiu da 31ª colocação na etapa morfológica para o décimo lugar após a etapa de Andaduras, Figura, Voltas Sobre Patas e Esbarradas; posição rapidamente reconquistada após a etapa de Campo I. Terminando a primeira etapa da Final entre as quatro melhores, após a etapa de Mangueira II, Belle Porcelana chegou ao pódio na etapa de Bayard-Sarmento, e de lá levou o Ouro, totalizando média parcial de 20,751 na última corrida de boi, o Campo II. 

A garra que garantiu o Ouro na categoria Machos

Nunca desistir. Essa frase encaixa bem para Guanabara Saladero. Tentando a vaga na Classificatória Gaúcha Sul, o conjunto era conduzido pelo jovem “Gabiru”, Gabriel Macedo, filho do também ginete Zeca Macedo, quando por muito pouco não se classificou para a fase final daquela semifinal. Em entrevista ao canal oficial do Cavalo Crioulo, Zeca comentou que estava muito feliz pelo filho estar participando da sua segunda semifinal, apoiando-o da melhor maneira, porém, afirmou sobre o desempenho: “não gostamos, a nossa expectativa era muito maior, o que é totalmente compreensível, ele é novo, dividindo a atenção com a escola, com 14 anos e acaba refletindo, mas foi uma prova limpa”. Zeca realmente acreditava no cavalo que tinha no seu centro de treinamento.

Acreditava mais no cavalo do que seu próprio criador, Luiz Carlos da Silva Carvalho Júnior, conforme afirma o expositor, lembrando que o ginete sempre acreditou, desde quando foi domado era um cavalo muito diferente e desde então Zeca o acompanha. A segunda e última oportunidade de classificação à Final do Freio de Ouro 2023 era a Classificatória Aberta, que seria realizada em Camaquã/RS. Sob forte chuva e um tempo frio que atingiu a cidade, Guanabara Saladero, agora conduzido por Zeca, garantiu sua vaga na final realizando as melhores etapas de Figura, Esbarradas e Volta Sobre Patas, e Bayard Sarmento.

Médias essas que seriam um prenúncio de notas boas na Final. Ao término daquela semifinal, o conjunto se classificou com a média final de 20,441 pontos, garantindo a segunda colocação, chamando a atenção para suas provas funcionais.

E o prenúncio se confirmou. Largado na 39ª colocação na etapa morfológica, Guanabara Saladero “pisou fundo” nas etapas funcionais. Com uma prova de Figura de 13,000 pontos, ao final da sexta-feira (27), o conjunto já estava na 13ª colocação, até conseguir chegar à fase final. Após a etapa de Bayard Sarmento, onde ficou na terceira colocação, seria um dos conjuntos a realizar a penúltima corrida com o boi desta Final. Com 18,250 de média nas suas corridas, Guanabara Saladero e Zeca Macedo chegaram ao lugar mais alto do pódio, com média final de 20,628.

É o 12º Freio que Zeca leva para Rio Grande/RS, sendo o seu quinto Freio de Ouro – o primeiro foi com Ganadero da Harmonia, em 2006. É a vez do rosilho colorado também entrar na história, sendo o primeiro afixo da Cabanha Guanabara a ganhar um Freio em um ano que será marcado para sempre na comunidade crioulista. RP 260 da criação de Luiz Carlos da Silva Carvalho Júnior, Guanabara Saladero é filho daquele garanhão que deu o primeiro Freio de Ouro a Zeca: Ganadero da Harmonia em uma mãe Guanabara Fanfarrona. Foi exposto pelo próprio criador, Cabanha Guanabara, Rio Grande/RS, conduzido por José Fonseca Macedo e domado por Vinicius Ianke da Silva. 

Além disso, Guanabara Saladero foi o Craque Funcional do Freio de Ouro 2023, aquele exemplar com o melhor desempenho nas etapas funcionais da Final da modalidade.

>> CLIQUE AQUI PARA VER A PLANILHA FINAL DO FREIO DE OURO 2023 

O Freio de Ouro na Arena Coberta do Cavalo Crioulo

Foram cinco dias de emoções e disputas na nova arena do Cavalo Crioulo, ao todo, 52 fêmeas e 50 machos entraram em pista, divididas entre os 39 ginetes que conduziram os exemplares através da supervisão técnica de Rodrigo Rodrigues Teixeira. No papel de avaliar os conjuntos nesta final, a categoria Fêmeas recebeu os jurados Diogo Pinto Ferreira, Luciano Corrêa Passos e Mateus Gularte Silveira, que destacaram a grande virada da campeã. Já na categoria Machos, Fernando Guilherme Horst, Leonardo Alberton Ardenghy e Thiago Schilling de Ávila foram os responsáveis por comandar as notas que definiram os campeões da temporada. Para auxiliar os jurados presentes, Fernando Harger atuou como jurado reserva.

Cobertura completa  

A Final do Freio de Ouro 2023 teve cobertura completa através de transmissões ao vivo pelos canais oficiais da ABCCC, com apresentação da jornalista Estela Facchin e comentários do técnico credenciado à Associação, Alexandre Pons Suné e também dos integrantes da Comissão Jovem, Ramiro Moura e Valentina Jardim, com reportagem de Sandro Fávero. No aplicativo e no site do Cavalo Crioulo, bem como nas suas páginas oficiais no Facebook e YouTube, crioulistas espalhados pelo país e pelo mundo puderam acompanhar as provas em detalhes e em tempo real. No Instagram do Cavalo Crioulo, o público pôde se sentir mais próximo do Parque Assis Brasil acompanhando os bastidores da grande Final da Raça. 

Acesse os Canais Oficiais de Comunicação do Cavalo Crioulo: 

 >>> Instagram <<<
>>> YouTube <<<
>>> Facebook<<< 

O Freio de Ouro 2023 conta com o patrocínio de John Deere, KTO, Facta Financeira, Supra, Vetnil, com apoio de Associação Brasileira de Hereford e Braford e Oviedo e das cabanhas parceiras, Estância Aurora, Estância Liberdade, Cabanha Santa Fé, Estância Quaraci e Estância Tamanca.

O projeto Freio de Ouro é realizado pela Associação Brasileira de Cavalos Crioulos através da Lei de Incentivo à Cultura, do Governo Federal, com gratuidade total de acesso pelo público. Quer saber mais? Clique aqui.

Confira o Resultado:

FÊMEAS

FREIO DE OURO

10500 1 freio de ouro expointer 2023 fu43 d850 5425x5 box 01 belle porcelana 461

BELLE PORCELANA

R.P. 143, B557730, NMGC 5, NASC 27/10/2018, FEMEA, TOSTADA SALINA RABICANA, POR BUTIÁOLODUM(B152241) (PAI) E DELICADA DA MAYA(B311476) (MÃE)

CRIADOR: ELIZABETH LEMANSKI
EXPOSITOR: ELIZABETH LEMANSKI
ESTABELECIMENTO: FAZENDA PARAÍSO, BALSA NOVA-PR 

GINETE: DANIEL WAIHRICH MARIM TEIXEIRA
MÉDIA FINAL: 20,751

FREIO DE PRATA

10500 2 freio de prata expointer 2023 fu43 d850 0190x5 box 10 jugada de santa marcia 282

JUGADA DE SANTA MARCIA

R.P . 124, SBU137456, NMGC 0, NASC 30/12/2016, FEMEA, GA TEADA, POR BASCO VENENO(B409696) (PAI) E FIESTA GAUCHA DE SANTA MARCIA(SBU082718) (MÃE)

CRIADOR: FLAVIO VIRGILIO MARTINI PIEGAS
EXPOSITOR: JORGE HOLTZ
ESTABELECIMENTO: CABAÑA LAS BRUJAS, CANELONES-UY 

GINETE: GABRIEL VIOLA MARTY

MÉDIA FINAL: 20,589

FREIO DE BRONZE

10500 3 freio de bronze expointer 2023 fu43 d850 0521x5 box 16 realidade charrua 228

REALIDADE CHARRUA

R.P. 916, B501906, NMGC 9, NASC 22/11/2016, FEMEA, DOURADILHA, POR LAS CALLANAS MIL RAZONES-TE(B311023) (PAI) E ATRAÇÃO CHARRUA(B185227) (MÃE)

CRIADOR: JOÃO ROUGET PÉREZ WREGE
EXPOSITOR: PARCERIA JOSÉ IGNACIO E SANTIAGO GOMEZ PLATERO ESTABELECIMENTO: CABANHA LA JULIETA, RIO NEGRO-UY
GINETE: RICARDO GIGENA WREGE
MÉDIA FINAL: 20,554

FREIO DE ALPACA

10500 4 freio de alpaca expointer 2023 expointer 2023 fu43 d850 5345x5 box 22 t mpera do recanto crioulo te 359

TÊMPERA DO RECANTO CRIOULO-TE

R.P. 613, B510894, NMGC 7, NASC 18/10/2016, FEMEA, COLORADA, POR ATRAÇÃO DO RECANTO CRIOULO(B163595) (PAI) E OPINIÃO DO RECANTO CRIOULO(B365629) (MÃE)

CRIADOR: ADELMO HESS
EXPOSITOR: ADELMO HESS E CABANHA CHÃO SAGRADO
ESTABELECIMENTO: ESTÂNCIA TRÊS COXILHAS E CHÃO SAGRADO, BARRA VELHA-SC E GUARAPUAVA-PR
GINETE: CLAUDIO DOS SANTOS FAGUNDES
MÉDIA FINAL: 20,443

MACHOS
 

FREIO DE OURO 

10500 1 guanabara saladero 982

GUANABARA SALADERO

R.P . 260, B507547, NMGC 6, NASC 06/10/2016, MACHO, ROSILHA COLORADA, POR GANADERO DA HARMONIA(B137740) (PAI) E GUANABARA FANFARRONA(B226020) (MÃE)

CRIADOR: LUIZ CARLOS DA SILVA CARVALHO JUNIOR 

EXPOSITOR: LUIZ CARLOS DA SILVA CARVALHO JUNIOR 

ESTABELECIMENTO: CABANHA GUANABARA, RIO GRANDE-RS 

GINETE: JOSÉ FONSECA MACEDO

MÉDIA FINAL: 20,628

FREIO DE PRATA 

10500 2 as malke fogo de chao 211

AS MALKE FOGO DE CHÃO

R.P. 1218, B506486, NMGC 6, NASC 14/09/2016, MACHO, COLORADA, POR AS MALKE SEDUTOR-TE(B269661)(PAI) E EXPLOSIVA DE LOS CAMPOS(B311105) (MÃE)

CRIADOR: JOSÉ SCHUTZ SCHWANCK
EXPOSITOR: EDNEI MARCOS DO VALLE RIBEIRO
ESTABELECIMENTO: CABANHA CUBATÃO, SANTO AMARO DA IMPERATRIZ-SC

GINETE: DANIEL WAIHRICH MARIM TEIXEIRA
MÉDIA FINAL: 20,606

FREIO DE BRONZE

10500 3 mis amores da taima 262

MIS AMORES DA TAIMÃ

R.P . 181, B502488, NMGC 6, NASC 02/09/2015, MACHO, COLORADA, POR BT LUCERO(B146172) (PAI) E HEURECA DA TAIMÃ(B366121) (MÃE)

CRIADOR: TAIANE LETICIA ZOCCHETTO
EXPOSITOR: TAIANE LETICIA ZOCCHETTO 

ESTABELECIMENTO: CABANHA TAIMÃ, SANTA ROSA-RS 

GINETE: FABRICIO BRUNELLI BARBOSA
MÉDIA FINAL: 20,504

FREIO DE ALPACA

10500 4 leopardo da gap sao pedro te 861

LEOPARDO DA GAP SÃO PEDRO-TE

R.P. 1911, B546223, NMGC 7, NASC 26/10/2017, MACHO, GATEADA ROSILHA, POR AS MALKE TORMENTO-TE(B296959) (PAI) E ALMENDRA DE SÃO PEDRO(B275944) (MÃE)

CRIADOR: EDUARDO MACEDO LINHARES
EXPOSITOR: CONDOMÍNIO LEOPARDO
ESTABELECIMENTO: GAP SÃO PEDRO, CABANHA PITANGUEIRA E CABANHA PORTEIRA DE FERRO, URUGUAIANA-RS
GINETE: NATHAN DE VASCONCELOS VALADÃO
MÉDIA FINAL: 20,463

Por ABCCC

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil 

Relacionadas

Veja também

Confinamento alcança 7,379 milhões de cabeças e destaca a importância da tecnologia e gestão para aumentar a produtividade no setor
Produção de frangos e ovos é destaque no Distrito Federal. A grande demanda da região por produtos de origem animal resulta nos quase 6 mil produtores cadastrados na Emater-DF
A Pecuária é responsável por US$ 1,37 bilhão das exportações sul-mato-grossense
Comitivas internacionais da América Latina, África e Ásia são esperadas no Parque da Gameleira