Search
Close this search box.

Câmara temática de Agrocarbono Sustentável começa em março

6 de fevereiro de 2024

Objetivo é construir políticas de segurança alimentar e ambiental
Compartilhe no WhatsApp
Câmara temática de Agrocarbono Sustentável começa em março

 Soluções para a promoção do agronegócio, aliadas às baixas emissões de gases de efeito estufa, serão os objetos de debate da Câmara Temática de Agrocarbono Sustentável, que teve sua formação publicada nesta segunda-feira (5) no Diário Oficial da União e entrará em vigor a partir de março.

O colegiado, que já havia sido anunciada em novembro de 2023, reunirá representantes dos setores público e privado.ebcebc

Com 74 titulares e o mesmo número de suplentes, a câmara reunirá representantes de associações de diferentes setores rurais, bancos financiadores, instituições científicas, organizações não governamentais, representações sociais e órgãos do governo.

Todos com o objetivo de construir políticas que garantam ao país segurança alimentar, climática e ambiental, associadas a um setor agropecuário produtivo em escala global.

De acordo com o Ministério da Agricultura e Pecuária, o colegiado trabalha, inicialmente, com quatro frentes temáticas sendo um grupo que tratará da taxonomia do setor, para identificar e classificar iniciativas sustentáveis em cada cadeia produtiva do agronegócio.

Um segundo grupo tratará da rastreabilidade e certificações, que permitirão a garantia da procedência produtiva no mercado internacional. O terceiro grupo tratará de finanças sustentáveis e o quarto do mercado de carbono.

A câmara técnica funcionará como órgão consultivo do Conselho Nacional de Política Agrícola que, por sua vez, assessora o Ministério da Agricultura e Pecuária na elaboração de políticas públicas e na construção, acompanhamento e fiscalização do Plano de Diretrizes Agrícolas.

Por Agência Brasil

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

Estudo da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) calcula perdas superiores a R$ 1,1 bilhão na agricultura
O ministro da Agricultura, Carlos Fávaro, informou que a pasta será transferida de forma itinerante para o Rio Grande do Sul (RS) na próxima semana.
Iniciativa é coordenada pela Associação Brasileira de Criadores de Ovinos
ExpoQueijo Brasil, em MG, destaca crescimento do setor e impulsiona investimentos