Search
Close this search box.

Fávaro diz que alinhamento de agricultura e ambiente garantirá sucesso do Brasil na COP28

26 de outubro de 2023

Propostas para COP 28 que serão levadas a Dubai , estão sendo discutidas
Compartilhe no WhatsApp
Fávaro diz que alinhamento de agricultura e ambiente garantirá sucesso do Brasil na COP28

SÃO PAULO (Reuters) – O alinhamento de propostas dos setores agrícola, ambientais e do Itamaraty deve “garantir o sucesso” da participação do Brasil na conferência climática COP28, avaliou nesta quarta-feira o ministro da Agricultura, Carlos Fávaro, durante evento da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).

Ele citou que há um “total alinhamento das propostas da CNA, da frente parlamentar (agropecuária), do Ministério do Meio Ambiente, do nosso ministério e do Ministério das Relações Exteriores” sobre as propostas que serão levados à COP, que acontecerá de 30 de novembro a 12 de dezembro, em Dubai, no Emirados Árabes Unidos.

Brasil na Cop28

“Vamos unidos à COP com altivez, com determinação, mostrando tudo aquilo que temos de bom…”, disse ele, comentando que, se esta não for uma conferência de “grandes revoluções de propostas, trará transparência e segurança de que o Brasil está no caminho certo”

Entre as propostas entregues pela CNA ao governo brasileiro para a COP está a de que florestas nativas situadas em propriedades rurais sejam reconhecidas como ativos ambientais que desempenham papel de mitigar os efeitos das mudanças do clima.

Por Reuters

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

Dados mostram que serão produzidos 193,15 mil litros, abaixo do recorde de 580,22 mil litros do período anterior
Safra total de milho foi estimada em 114,14 milhões de toneladas, um acréscimo de 2,5 milhões de toneladas em relação ao previsto no mês passado; área plantada deve crescer 1% e produtividade deve avançar 1,2%
Essa parceria confirma a missão do AgroApp que é levar informações de qualidade para o produtor rural e profissional do campo.
Na comparação com a média diária de junho de 2023, há queda de 16,6% no valor obtido diariamente pelas exportações de açúcar em junho de 2024.