Acordo de tecnologias sustentáveis é realizado entre Japão, Ministério da Agricultura e Embrapa

O objetivo do acordo celebrado entre Embrapa, Mapa e Japão é, entre outras coisas, melhorar a rentabilidade do setor agrícola por meio das tecnologias agroindustriais sustentáveis
Share on whatsapp
Compartilhe no WhatsApp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram
Acordo de tecnologias sustentáveis é realizado entre Japão, Ministério da Agricultura e Embrapa
A iniciativa quer apoiar o estabelecimento de uma plataforma de dados digitais da agropecuária – Foto: rawpixel.com/Freepik

Um acordo de cooperação com o governo japonês para promover o desenvolvimento de tecnologias agroindustriais sustentáveis foi fechado com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e o Ministério da Agricultura (Mapa). De acordo com uma nota da pasta publicada na segunda, 9, o convênio foi celebrado por meio da Agência de Cooperação Internacional do Japão.

O foco é melhorar a produtividade, a sustentabilidade ambiental e a rentabilidade do setor agrícola por meio das tecnologias agroindustriais sustentáveis. O convênio envolve a colaboração público-privada entre os dois países. As primeiras atividades estão previstas para ocorrer no segundo semestre de 2022.

A iniciativa ainda pretende apoiar o estabelecimento de uma plataforma de dados digitais da agropecuária. O sistema vai disseminar tecnologias e informações, além de executar três projetos pilotos nas cadeias produtivas de pecuária de corte, grãos e sistemas agroflorestais.

Tecnologias de ponta

Segundo o coordenador-geral de Inovação Aberta do Mapa, Daniel Trento, esse convênio tem sido muito esperado pelos dois países. O servidor também é um dos responsáveis técnicos pelo projeto. “O Japão é um parceiro de longa data da agricultura brasileira, pois foi um dos principais parceiros nos projetos da década de 1970 que contribuíram para o desenvolvimento do agro brasileiro”, revelou. “Assim, o convênio visa a somar a experiência e a dimensão da agropecuária brasileira de um lado, com a experiência do Japão no tocante às tecnologias de ponta na área digital”.

Somente em 2021, o agro do Brasil exportou 4 milhões de toneladas para o mercado japonês. A maior parte desses envios partiu do setor de alimentos, de acordo com os dados do Mapa. Somadas, a cadeia produtiva da soja e as carnes foram responsáveis por mais da metade do total.

Fonte: Revista Oeste

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

Tecnologia
A feira que se encerrou ontem, 19 de maio, mostrou como os drones podem ser aliados para aplicação de defensivos agrícolas, adjuvantes, fertilizantes, inoculantes, corretivos e sementes
Tecnologia
O Showtec 2022 acontece entre os dias 25 e 27 de maio em Maracaju, MS, e terá, em sua programação, painéis técnicos, mostra de maquinários e insumos para a produção agropecuária
Tecnologia
O projeto Monitoramento e Manejo com Baixo Custo da Irrigação em Bananais do Perímetro Irrigado do Jaíba da EPAMIG implanta um sensor de baixo custo para realização do manejo
Tecnologia
Produtores de cidades dos estados da Bahia, Goiás, Minas Gerais e Tocantins estão entre o público alvo da AgroBrasília, a maior feira agropecuária do Planalto Central, que começa hoje e vai até sábado