Search
Close this search box.

Ações do Mapa são destaque nas Conferências da FAO sobre Pecuária e Mecanização Sustentável

1 de outubro de 2023

Eventos discutem inovações e caminhos para produzir de forma eficiente, mais nutritiva, segura e acessível
Compartilhe no WhatsApp
Ações do Mapa são destaque nas Conferências da FAO sobre Pecuária e Mecanização Sustentável
Foto Divulgação

De 25 a 27 de setembro, representantes do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) participaram da primeira Conferência Global sobre Transformação da Pecuária Sustentável, realizada pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO). Durante os três dias foram apresentados aos participantes ações e programas desenvolvidos pelo ministério que promovem a inovação e a sustentabilidade da agropecuária brasileira.

O evento reuniu países-membros da FAO, produtores, instituições acadêmicas e sociedade civil com a finalidade de promover, a partir do compartilhamento de informações e conhecimentos, um amplo debate sobre como produzir, de forma eficiente, com menos impacto ambiental, menos impacto social e maior retorno econômico e equidade.

Representando o Mapa, a secretária de Inovação, Desenvolvimento Sustentável, Irrigação e Cooperativismo (SDI/Mapa), Renata Miranda, participou do painel de abertura, que trouxe como tema “Políticas para a Transformação Sustentável da Pecuária”. Em sua fala, apresentou o trabalho de inovação e tecnologias sustentáveis que vem modificando a agropecuária brasileira, com destaque para a Política Pública Setorial da Agricultura e Pecuária sobre Mudanças Climáticas, o Plano ABC+.

“O nosso compromisso setorial de mitigar as emissões de gases com efeito de estufa, bem como de adaptação aos efeitos adversos das alterações climáticas, por meio do Plano ABC+, está em implementação em todo o país há 13 anos. Seu programa de crédito rural oferece aos agricultores mais de US$ 1 bilhão por ano exclusivamente para adoção de práticas sustentáveis. Temos, hoje, no Brasil, políticas públicas pecuárias que estão nos movendo em direção à eficiência climática”, completou Renata Miranda.

Além de encontros bilaterais com autoridades do Quénia, Nova Zelândia, Costa Rica e Austrália, a secretária participa, ainda, de mais dois painéis que acontecerão durante a Conferência sobre Mecanização Sustentável, promovida também pela FAO, que acontecerá de 27 a 29 de setembro. Evento vai trazer informações objetivas sobre inovações acerca da eficiência, inclusão e resiliência aos vários componentes dos sistemas de mecanização agrícola sustentáveis, especialmente nos países em desenvolvimento.

A delegação do Mapa contou, também, com a participação do diretor do Departamento de Produção Sustentável e Irrigação (Depros,SDI/MAPA), Bruno Brasil, do coordenador-geral de Produção Animal (CGPA/SDI/MAPA), Bruno Leite, e do coordenador-geral de Mudanças Climáticas, Florestas Plantadas e Agropecuária Conservacionista (CGMC, SDI/MAPA), Adriano Santhiago de Oliveira.

Por Primeira Hora

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

Dados mostram que serão produzidos 193,15 mil litros, abaixo do recorde de 580,22 mil litros do período anterior
Safra total de milho foi estimada em 114,14 milhões de toneladas, um acréscimo de 2,5 milhões de toneladas em relação ao previsto no mês passado; área plantada deve crescer 1% e produtividade deve avançar 1,2%
Essa parceria confirma a missão do AgroApp que é levar informações de qualidade para o produtor rural e profissional do campo.
Na comparação com a média diária de junho de 2023, há queda de 16,6% no valor obtido diariamente pelas exportações de açúcar em junho de 2024.