Search
Close this search box.

Projeto de incentivo a criação de abelhas impulsiona economia local

21 de outubro de 2023

As abelhas têm uma função primordial de preservação de matas nativas
Compartilhe no WhatsApp
Projeto de incentivo a criação de abelhas impulsiona economia local

Desde 2011, a empresa Melhoramentos implementa o projeto “Melhor Mel” nas cidades de Camanducaia, na região de Monte Verde (MG), e Bragança Paulista (SP). Nesse projeto, apicultores locais têm a oportunidade de instalar seus apiários nas fazendas de eucalipto da empresa, de onde obtém-se a fibra de celulose de alto rendimento.

Segundo informações da Melhoramentos, o projeto resolve um desafio comum enfrentado pelos apicultores relacionado à disponibilidade de espaço para a criação de abelhas. Atualmente, o Melhor Mel abriga mais de uma centena de colmeias, cada uma produzindo em média 20 quilos de mel. Na última safra (2022), foram mais de 3 mil quilos de mel produzidos.

Além de fornecer um espaço propício para a apicultura, o projeto desempenha um papel importante na preservação de matas nativas, uma vez que as abelhas são polinizadoras essenciais para a biodiversidade e contribuem diretamente para a produção de alimentos.

Projeto da criação de abelhas proporcionando renda aos apicultores

O projeto também possui uma dimensão econômica, proporcionando renda aos apicultores participantes por meio do empreendedorismo. Esse aspecto não apenas impulsiona a produção local, mas também contribui para o desenvolvimento econômico da região. Um exemplo é o apicultor José Aparecido Goulart, proprietário do Apiário Flores da Serra, que, graças ao projeto Melhor Mel da Melhoramentos, consegue sustentar sua família por meio da apicultura, comercializando diversos subprodutos, como mel puro, mel composto, própolis, xampus e sabonetes. 

“Nosso produto é de alta qualidade já que nossas abelhas produzem um mel 100% natural. Isso porque o mel provém de uma florada predominantemente silvestre, da Mata Atlântica. Extraímos, utilizamos e comercializamos os produtos com a matéria-prima fabricada pela própria natureza”, destaca Goulart.

Por Agrolink

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

42 ª Exposição Internacional do Cavalo Puro Sangue Lusitano acontece de 20 de maio a 02 de junho no Parque da Água Branca
O aumento do uso de coprodutos representa uma solução sustentável para a destinação de resíduos
São Paulo enfrenta desafios ainda maiores devido aos altos custos para o setor produtivo do leite e por ser o maior mercado consumidor do país.
Volume alcançou em 178,8 mil toneladas até a quarta semana, sendo que no ano anterior foram exportadas 168,4 mil toneladas