Search
Close this search box.

Vem aí a 2ª Feira de Avicultura do Distrito Federal

7 de fevereiro de 2024

O evento ocorrerá no dia 23 de fevereiro, no Tatersal Joaquim Roriz, na Granja do Torto, e traz novidades de ponta para avicultores e investidores de aves
Compartilhe no WhatsApp
2ª Feira de Avicultura do Distrito Federal

Após o sucesso da 1ª Feira de Avicultura do Distrito Federal, que ocorreu há dois anos, a Agroeste, em parceria com a AgroExperts, realiza a segunda edição, no dia 23 de fevereiro. O evento, que será realizado no Tatersal Joaquim Roriz, no Parque da Granja do Torto – mesmo local escolhido da primeira edição – prevê reunir produtores, executivos e investidores do segmento de avicultura de corte. A iniciativa é gratuita para este público e as inscrições podem ser feitas antecipadamente pelo www.agroexperts.com.br/agenda.

“Estamos animados com a Feira porque Brasília superou todas as expectativas de público. Esperávamos, na primeira edição, de 300 a 500 pessoas e compareceram quase 1,5 mil. Queremos repetir o número de visitantes, trazendo novidades em capacitação e em tecnologia”, afirma o presidente da AgroExperts, Ariel Antonio Mendes.

Há mais de 30 anos, o setor de avicultura cresce na região e, nos últimos cinco anos, vem apresentando três dígitos de expansão. “O produtor rural do entorno tem um perfil mais de investidor de negócios, por isso, queremos mostrar o que há de mais moderno em tecnologia para melhorar ainda mais seus aviários”, comenta o diretor da Agroeste, Allan Levinki, idealizador da feira.

Toda a programação foi pensada em parceria com as principais integradoras da região, Seara e Pluma, que fazem um trabalho de incentivo muito próximo de seus integrados. “É um dia de capacitação, muita troca de informação, redes de contatos e ótimas oportunidades de negócios”, ressalta o presidente da AgroExperts. São mais de 20 empresas que atuam no setor com equipamentos e soluções diferenciadas.

E, na grade de palestras, estão nomes expressivos do cenário nacional:

– Desafios para Manter o Protagonismo do Brasil no Mercado Internacional de Carnes (Vamiré Luiz Sens Junior / Seara)

– Ambiência e Manejo de Frangos em Temperaturas Extremas e Avicultura 4.0 (Lederson Lima / Avioeste)

– Biosseguridade com Ênfase em Influenza Aviária e Salmonella (Ana Caselles / SAN Vet)

– Gestão de Pessoas na Avicultura (Geraldo José Francisco / Biocamp)

– Qualidade da Água: Ganhos e Perdas no Resultado Zootécnico, Sanitário e Econômico  (Renato Luiz / Kobra)

image 18

Por ASCOM Feira da Avicultura

Leia outras notícias no portal Mundo Agro Brasil

Relacionadas

Veja também

42 ª Exposição Internacional do Cavalo Puro Sangue Lusitano acontece de 20 de maio a 02 de junho no Parque da Água Branca
O aumento do uso de coprodutos representa uma solução sustentável para a destinação de resíduos
Estudo da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) calcula perdas superiores a R$ 1,1 bilhão na agricultura
São Paulo enfrenta desafios ainda maiores devido aos altos custos para o setor produtivo do leite e por ser o maior mercado consumidor do país.